Três passos pra recuperar sua samambaia

Quer aprender a cuidar do seu jardim, de um jeito acessível pra todos? Inscreva-se no Jardinagem pra Todos, o evento gratuito que vai rolar de 22 à 25 de novembro, clicando aqui.

Samambaias são plantas inconfundíveis até pra quem não tem experiência em jardinagem. Ao ver uma dessas plantas, logo nos vêm à mente um vaso suspenso em algum quintal de nossa infância e uma moita enorme formando uma cabeleira verde. Epa! Sua samambaia está com folhas amareladas e ramos quase secos? Nossa jardineira Carol Costa mostra três dicas infalíveis pra recuperar sua samambaia!

Sol fraco, umidade e sem vento


Existem várias espécies de samambaias e, todas elas, são plantas que estão no planeta há muito tempo. Gostam de locais úmidos, crescendo entre troncos e curtindo a luz do Sol filtrada pelas copas das árvores e protegidas do vento. Essa condição de sol fraquinho, bastante umidade e nada de vento é a ideal pra qualquer samambaia, seja a mais comum, a samambaia-americana (Nephrolepis exaltata), quando a samambaia-do-amazonas, a samambaia-de-metro, a rabo-de-andorinha, a samambaia-havaiana (Nephrolepis exaltata "Marisa"), a samambaia-pluma e outras.

Três passos pra recuperar a samambaia


Quando a planta está perdendo a folhagem e as folhas que sobraram estão amareladas, é um sinal de que a samambaia precisa de cuidados intensivos. Aqui vão os três passos pra recuperar sua planta:

#1 – regue por imersão


Com um balde, bacia ou outro recipiente grande, coloque o vaso onde a samambaia está plantada dentro dele e, preencha com água, até quase a borda – é importante que a água do recipiente não ultrapasse a borda do vaso. Essa é uma técnica ótima pra regar samambaias, e você pode fazer isso toda semana, sem problema algum. Dá até pra reaproveitar a água pra regar outras plantas, desde que sua samambaia não esteja com uma doença bacteriana.

#2 – cálcio líquido


Samambaias precisam de bastante cálcio e, quando ela está debilitada, é preciso garantir uma dose extra. Usar casca de ovo triturada funciona mas, a absorção do cálcio dessa forma é bem lenta – estamos com um caso crítico aqui, por isso o uso do cálcio líquido. No vídeo, Carol usa o cálcio líquido Forth Equilíbrio. Dilua duas tampas do produto pra cada litro de água e faça a rega por imersão. Repita o processo a cada quatro meses. A água com cálcio pode ser usada pra regar outras plantas. Importante: como o cálcio é um adubo, não o utilize junto com outro tipo, pra não sobrecarregar sua samambaia com uma dose exagerada de nutrientes.

#3 – gancho


Essa parece algo simples, mas tem um pulo do gato. Os ganchos que costumam vir no vaso da planta são sempre bem curtos e, talvez na sua casa, pendurá-la no teto pode deixar a planta longe da luz do sol. Procure um gancho mais longo, como o de cabo-de-aço encapado que Carol mostra no vídeo ou, aquele de correntes e com jeito vintage, um outro de macramê ou, um pedaço de sisal. Qualquer coisa que faça com que a planta possa ser pendurada numa boa altura e fique "olhando" pra janela vale. Isso garantirá o sol necessário pra sua samambaia se recuperar e começar a desenvolver novas folhas.

Materiais e plantas mostrados no vídeo:
samambaia-americana (Nephrolepis exaltata)
samambaia-havaiana (Nephrolepis exaltata "Marisa")
Cálcio líquido Forth Equilíbrio 60ml

Dossiê da samambaia

Quer aprender a cuidar do seu jardim, de um jeito acessível pra todos? Inscreva-se no Jardinagem pra Todos, o evento gratuito que vai rolar de 22 à 25 de novembro, clicando aqui.

Minhas Plantas recomenda