Como salvar sua zamioculca

Assine a Universidade Minhas Plantas (clique aqui)

Aquela zamioculca que chegou bonitona na sua casa agora está pernuda, sem folhas, molenga e com um jeito tristonho? Chega mais, que nossa jardineira Carol Costa explica como salvar sua zamioculca e, até mesmo, a fazer mudas com essa planta incrível.

Uma planta resistente


A zamioculca (Zamioculcas zamiifolia) é uma planta que se desenvolve super bem, tanto do lado de dentro de casa quanto lá fora, em canteiros. Hoje é possível encontrar essa planta em tamanhos variados, desde o pequenininho, passando pela zamioculca de tamanho normal, até uma versão gigante! Mesmo sendo uma planta super resistente, a zamioculca pode passar por alguns perrengues que acabam fazendo com que essa planta guerreira peça uma ajuda pra nós. Com um pouco de atenção aos sinais, dá pra saber o que fazer pra recuperar sua zamioculca.

Excesso de regas na zamioculca


Um dos problemas mais comuns, é o excesso de água, e essa treta dá pra notar quando existem folhas com manchas amareladas nas bordas, como Carol mostra no vídeo. Se as regas não diminuírem ou, se a planta está num local de alta umidade e sem drenagem, o problema vai aumentando até que, o caule começa a apodrecer. Isso porque a zamioculca possui um reservatório natural de água e nutrientes em suas raízes, parecida com uma batata.

Manchas nas folhas da zamioculca


Se a mancha amarela e queimada surge na pontinha da folha, ao invés de aparecer na borda, aí o problema não é excesso de rega: é falta de água! Pode ser que sua zamioculca esteja dentro de casa num local mais escondido que dificulta a rega ou, então, em um corredor com muito vento e, até mesmo, numa sala com ar condicionado. Com falta de água, as folhas secam da ponta pra base e, se nada for feito, o caule vai ficando molenga e enrugado. Bora regar e verificar se existe um local melhor pra planta aí na sua casa, se o vilão for o ar condicionado ou o vento.

Como trocar zamioculca de vaso


A planta tá bem chateada e precisa ser replantada? Bora pra identificar o que precisa ser feito pra salvar sua zamioculca! Quando o vaso é aquele do produtor, de plástico, dá pra notar que tá apertado porque o recipiente fica torto. A planta tá empurrando as paredes do vaso pedindo mais espaço. Use uma tesoura e livre-se do vaso, dificilmente você conseguirá remover a zamioculca sem fazer isso. Depois, solte as raízes no sentido das bordas pro centro. Essa é a hora pra você tirar mudas da sua zamioculca! Se notar batatinhas juntas com caule, dá pra destacar, passar um pouco de canela em pó e fazer sua mudinha. Se você está na Universidade Minhas Plantas, dá uma olhadinha lá no tema Como Tirar Mudas, tem outras técnicas pra reproduzir sua zamioculca.

Apodrecimento


Se seu caso foi excesso de regas, veja antes se a planta não apresenta sinais de podridão. Se alguma parte da planta está molenga e com o cheiro ruim, é porque está podre. Descarte essas partes pra salvar sua zamioculca. Por ser uma planta de crescimento lento, tenha muita paciência e acompanhe atentamente a recuperação da zamioculca.

Preparando o vaso da zamioculca


Pra fazer um vaso novo, use um recipiente grande, faça uma camada de drenagem com isopor ou argila expandida, cubra com uma manta de drenagem. Complete com substrato pra mudas misturado com alguma matéria orgânica seca, como cascas de pínus ou pedacinhos de gravetos e também adicione um pouco de areia. Essa é uma planta que gosta de substrato bem drenado. Zamioculca plantada, regue com abundância nesse primeiro dia e, nas próximas regas, use a técnica do dedômetro antes de colocar água no substrato. Ah, não esqueça de adubar – que tal experimentar o Bokashi, que é bem completo e tem macros e micronutrientes?

Materiais e plantas mostrados no vídeo:
zamioculca (Zamioculcas zamiifolia)
Forth Bokashi
tesoura de desbaste
canela em pó, 100g

Figurino:
Carol usa colar Studio Drê Magalhães
vestido Lenny Niemeyer

Assine a Universidade Minhas Plantas (clique aqui)

Minhas Plantas recomenda