Manutenção nas folhas usando o calendário biodinâmico

Dia de reforma na horta e hoje é dia de folha! Sabe aquelas espécies que cultivamos e temos interesse em suas folhas? Seja pra virar alimento como alface, seja pela beleza de suas folhagens, o foco da manutenção do cantinho verde será nessas plantas. Acompanhe o terceiro episódio da série sobre reforma do jardim, com nossa jardineira Carol Costa.

Dia das folhas


Já teve dia de cuidar das raízes, outro pra dar um talento nas flores e, hoje, a atenção será nas folhas, tudo seguindo o calendário biodinâmico – tem link aqui, pra quem perdeu os outros episódios, o do dia de raízes e o das flores.

Avalie a planta


Na horta da nossa professora jardineira, tanto a mostarda (Brassica juncea) quanto a salsinha (Petroselinum crispum) foram atacadas por oídio, um fungo que escolhe plantas de folhas finas e macias. Essa é a hora de avaliar se vale a pena tentar recuperar a planta ou, mandá-la pra composteira e semear novamente – #fazparte. Pra repelir insetos, uma boa dica é plantar no mesmo espaço espécies com odor forte pros bichinhos, mas que são perfume, rende chá e alimento pra gente, como o boldinho (Plectranthus ornatus).

Poda na altura ou na largura?


As folhas secas, como da touceira de capim-limão (Cymbopogon citratus), também recebem a atenção do dia. Os dias de folhas são perfeitos pra podas daquelas espécies que possuem folhagens aromáticas como a falsa-verbena (Aloysia triphylla). Aqui tem um truque: se quer deixar a planta mais alongada, com jeito de árvore, pode na largura. Se a intenção é manter a planta mais compacta e larga, pode na altura.

Plantando mudas


Pra aproveitar os espaços liberados na manutenção, uma boa ideia é usar plantas de mudas, ao invés de só semear. É o que Carol faz com o tomilho (Thymus vulgaris), o peixinho-da-horta (Stachys byzantina) e o manjericão-cravo (Ocimum gratissimum). Já a couve (Brassica oleracea), que tá enorme, tem algumas folhas removidas pra se desenvolver com mais força, assim como a touceira de alecrim (Salvia rosmarinus) – a parte podada vai pra cozinha!

Semeando e evitando tretas


Agora que tem um espaço na horta, Carol escolhe algumas espécies pra semear: couve "Tatsoi Xangai" e alface "Itaúna Frisée", ambas do kit Minhas Plantas - Carol Costa, da Isla Sementes. Ah, não esqueça de usar palhinhas protetoras pra cobrir o substrato – tem uma enorme variedade de opções, até mesmo pra cobrir a área recém semeada. Pra manter moscas brancas e Fungus gnats
longe das plantas, iscas são espalhadas na horta e, pra evitar o oídio, adubação com enxofre. Ambos têm na loja Minhas Plantas ;-)

Materiais mostrados no vídeo:
Kit Minhas Plantas - Carol Costa, da Isla Sementes
enxofre concentrado, da Forth Jardim
iscas pra moscas, na Loja Minhas Plantas

Mais links:
Ana Maria Primavesi
Palhinhas protetoras

Universidade Minhas Plantas - clique aqui pra se inscrever ou, se já é aluno, clique aqui.

Calendário Biodinâmico - CalBio: versão Android e IOS

Minhas Plantas recomenda