página inicial / blogs / Carol Costa

Porque algumas plantas não se desenvolvem na sua casa

© Carol Costa/Minhas Plantas

Quando a insistência enraiza no quintal



Se você já tentou dezenas de vezes ter uma planta e ela sempre morre, um novo olhar para a natureza talvez seja a salvação

Por Carol Costa


"É a quinta vez que tento ter _________ em casa." Complete o espaço em branco com a planta de sua insistência (e corrija o número de vezes, se for o caso). Toda semana recebo uma mensagem dessas. Uma moça da Tijuca reclamou que tentou ter lavandas "dezenas de vezes" e, como elas sempre morressem em poucos dias, acabou concluindo que... tinha o "dedo podre". "Não levo jeito pra plantas, toda orquídea que eu compro não dura nada em casa", me escreveu uma senhora de Fortaleza após sucessivas tentativas de cultivar Vanda em uma cobertura devassada pelo vento.

Acho curioso como todas essas frustrações têm origem num mesmo olhar para a natureza: o de que a planta deve se submeter à vontade humana. Porque, afinal, se somos pessoinhas incríveis e estamos aqui, de braços abertos para o verde, acolhendo em nossas casas essas pobres criaturas que não cresceriam sem nosso afeto, dedicação e insumos, como que pode elas terem a desfaçatez de morrer? Plantas, essas ingratas, hunft...

Poucas vezes nos damos conta de que as verdinhas colonizaram este planeta muito, MUITO antes de qualquer bicho com perninhas, milhões de anos antes de mamíferos aparecerem por estas bandas e outros milênios antes de um macaco qualquer perder o rabo e a paciência com uma samambaia. Então, não custa lembrar a nós, bípedes arrogantes que somos, que esses seres clorofilados não precisam da gente para viver. É chocante, eu concordo, mas é a mais pura verdade.

Plantas conseguem produzir seu próprio alimento com ar, sol, água e uma dúzia de coisinhas especiais que elas buscam no solo. Se uma hecatombe exterminasse exclusivamente a raça humana, as plantas seguiriam crescendo e fazendo fotossíntese. Orquídeas continuariam a dar flores, mangueiras seguiriam frutificando no verão e as lavandas morreriam quando devem morrer, depois de alguns anos verdejantes. Já nós... bem, nós simplesmente não duraríamos nem um dia se todas as plantas sumissem da face da Terra. Olha que tapa na cara da sociedade?

Ok, pode ser que a Vanda não vivesse mais que uns poucos dias sem ter alguém pra lhe regar em Fortaleza — o que faz todo sentido, já que essa orquídea é nativa das florestas úmidas da Tailândia, onde ela certamente cresce sem que ninguém a fique paparicando. Talvez o nosso repentino desaparecimento exterminasse também plantas mais frágeis: sem ninguém para garantir cuidados especiais, muitos híbridos retornariam ao projeto original e selvagem de onde vieram. Teríamos milhos, tomates e morangos mais resistentes a pragas e doenças se a Terra ficasse algumas décadas sem a gente. E eu me achando a dona da florestinha lá de casa, quanta ingenuidade...

Por que resolvi falar de hecatombes e extermínios? Para você largar dessa insistência em uma única planta, pessoinha! Para quê insistir no alecrim se ele se nega a crescer na sua casa? Tem 60 espécies de manjericão — SESSENTA! Uma vai funcionar por aí, tenho certeza. Se a hortelã não foi pra frente, garanta o chá da tarde cultivando camomila, verbena, capim-limão e outras espécies de folhas finas ou duras, que talvez não seja culpa da sua "mão", sabe? Se a lavanda não deu certo, mais provável é que essa flor mediterrânea esteja morrendo de calor no verão úmido e abafado de 45ºC que faz na Tijuca todo janeiro. Com taaaaanta planta tropical com flor por aí, para quê insistir justo na que curte o clima da sua casa?

Quando a gente deixa de impor nossa vontade, a natureza se revela em toda sua generosidade, mostrando mil outras verdinhas para você. Pode ser que seu jardim já esteja até sussurrando alguma plantinha no seu ouvido. Pense antes de sair plantando: o que cresce que nem mato na sua casa? O que vai como chuchu na cerca, mesmo que você não cuide? Esse pode ser o caminho para você e seu cantinho verde fazerem as pazes e começarem de novo, mais fortes.

Publicado na Revista Natureza – 356
postado em 10/09/2018 - Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Livro Cactos e outras Suculentas para Decoração

Quem é fã de cactos e suculentas sabe o quando é difícil encontrar informações sobre essas plantinhas queridas. Classificar a coleção de "gordinhas" e identificar as espécies com exatidão é uma tarefa árdua. Pesquisar na internet acaba trazendo mais dúvidas do que soluções. Mas, respire aliviado, porque o tempo de … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Por um mundo mais verde e menos cinza

Nossa piracicabana Carol Costa conta um pouco sobre como mudou de área, trocando 15 anos de vida de escritório pela melhor carreira da sua vida: jardineira. No texto abaixo, publicado originalmente no Instagram, a ex-jornalista mostra que escolher o próprio caminho é possível, e que vale a pena investir e … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

O básico sobre orquídeas Phalaenopsis

Orquídeas são uma das flores mais utilizadas para presentear, e no Dia das Mães não é diferente. Depois de ganhar a planta, vem a pergunta que muitas pessoas fazem: e agora, como cuidar desta bela flor? Nossa jardineira Carol Costa ensina os cuidados básicos para as mamães felizardas e futuras … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Trabalhar com plantas é fácil, acessível, e pode ser sua próxima carreira

O verde acolhe todos. Plantar em um jardim ou vaso é algo democrático, acessível e simples, mesmo para quem é jardineiros de primeira viagem. Nossa jardineira Carol Costa conta neste texto, como as plantas conseguem reunir pessoas de várias áreas. Profissionais como jardineiros, paisagistas, produtores de espécies ornamentais e alimentícias … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Como saber se uma planta é tóxica ou segura para seu pet

Existe uma fonte segura com uma lista de plantas que são tóxicas para animais? Nossa jardineira Carol Costa costuma responder muitas perguntas sobre essa dúvida comum de amantes de jardinagem e também são tutores de pets. Antes de ficar apavorado com notícias da internet, principalmente casos isolados, e sair divulgando … (+)
Leia mais
© Alexandre Pavan/Minhas Plantas

Tenha mais plantas e use menos desinfetantes

O verde domesticado A jardinagem ganha cada vez mais espaço em casas, escritórios e apartamentos – mas nunca estivemos tão distantes do quintal de terra dos nossos avós Por Carol Costa Uma criança precisa de menos de 20 minutos fazendo bolinhos de terra ou correndo descalça no gramado para ir bem … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Como ter uma horta dentro de casa mesmo sem sol

Este é o canto mais escuro da minha cozinha, distante 3,5 metros da janela face Sul, aquela que recebe só claridade, nunca sol. Não poderia ser um lugar mais impossível pra se ter uma horta e, no entanto, aqui estão minhas verdinhas com dez dias de vida, crescendo animadas … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 8

Nossa jardineira Carol Costa fez no episódio 8 do programa A Louca das Plantas, no GNT, um jardim mediterrâneo em uma cobertura! Os desafios era acabar com o vento, o que impedia o cultivo de qualquer planta. Nossa louca piracicabana também queria criar não só um jardim, mas um espaço … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 7 (selva urbana)

Nossa jardineira Carol Costa fez no episódio 7 do programa A Louca das Plantas, no GNT, uma verdadeira selva urbana. Uma das salas do apartamento da Fernanda e do Andrés tinha uma janela enorme, muita claridade, uma mesa com quatro lugares, e, alguns vasinhos com as plantas bem tristes, já … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 6

Um apartamento pode ter muitas plantas, só é preciso escolher as espécies corretas, e é exatamente isso que nossa jardineira Carol Costa fez no episódio 5 do programa A Louca das Plantas no GNT. Olhando a disposição das janelas, nossa louca piracicabana entendeu que a sala recebe uma quantidade de … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 5

Dá para ter uma mini-fazenda em um... quintal? Claro que dá! Com direito a horta, jabuticabeira, orquidário e muitas, muitas plantas. No episódio 5 do A Louca das Plantas do Canal GNT, nossa jardineira Carol Costa mostrou dicas de como impedir que um gato atrapalhe o cultivo de uma horta … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 4

O episódio 4 do A Louca das Plantas foi ao ar na última sexta-feira, dia 01/02, pontualmente às 22h no Canal GNT. Os verdinhos que acompanham o programa da nossa jardineira Carol Costa já viram a criação de um jardim com lago que atraiu até uma garça, a transformação … (+)
Leia mais
mostrar mais