Intensivão de Jardinagem - Aula 2: vasos

Inscreva-se no Intensivão de Jardinagem pra receber o resumo:
Use este link para fazer sua inscrição no Intensivão de Jardinagem:
https://bit.ly/mp_intensivao
(o resumo será enviado no fim do dia)

Perdeu alguma aula? Aqui tem o link pra assistir!
Aula 1: solo
Aula 2: vasos
Aula 3: plantas
Aula 4: luz
Aula 5: tretas
Aula 6: adubos

Oiê, verdinho!

Sabia que a coisa mais cara em um projeto de paisagismo não é planta nem terra, é vaso? Se o substrato é a casa da planta, os vasos são as paredes e pisos dessa casa – e só quem já construiu sabe o quanto essa parte da obra pode ficar pesada. Foi pensando nisso que fiz uma aula inteirinha sobre VASOS no Intensivão da Jardinagem, justamente pra evitar que você gaste dinheiro à toa numa peça que só vai dar trabalho depois pra manter.

Olha quanta coisa abordei na aula:
- vasos e substratos trabalham juntos pela planta
- diferença entre vaso e cachepô
- os principais materiais dos quais os vasos são feitos e se são mais ou menos porosos
- materiais naturais, como corda, feltro, papel, palha, bambu, gravetos, madeira
- o que é o xaxim e por quê sua venda está proibida no Brasil
- as principais opções de substituições ao xaxim, como fibra de coco e palha de palmeira
- como o vaso de terracota trabalha e formas de evitar que ele tire água do substrato
- onde achar vasos legais, sem ser na seção de decoração da loja de plantas
- como furar um vaso sem furo sem trincar o material (dá certo com barro, vidro, até louça!)
- materiais sintéticos: plástico, cobre, alumínio, lata, vidro, cerâmica esmaltada, concreto
- por que é tão legal usar vaso preto em painel vertical
- como a umidade no substrato pode corroer o vaso
- vasos improvisados: embalagens plásticas ou aluminizadas, bandejas de isopor, caixinha de ovos, bandejinha plástica de uva ou morango
- dei uma dica ninja de usar cacos de vaso de barro pra evitar entupir o furo de drenagem dos vasos (especialmente dos grandes)
- regrinha boa: vaso pesado = drenagem leve, vaso leve = drenagem pesada
- como a relação entre a altura e o tamanho da boca do vaso interferem na umidade pra planta
- fiz a prova da esponja ;)
- mostrei num vaso de vidro a Técnica da Pedra Limpa, que inventei pros meus alunos do Curso Profissionalizante de Suculentas
- como reciclar e reutilizar materiais de vasos
- pra que servem as estufas e suas muitas formas (madeira, plástico, bandejinha de isopor + saquinho transparente)
- como o vaso pode acompanhar o crescimento da sua planta
- como montar uma estufa pá-pum com garrafão de água
- prós e contras dos vasos auto irrigáveis

Terminei a aula mostrando o passo a passo pra fazer um vaso auto irrigável usando uma garrafinha PET, uma corda e duas rolhas. :P

Sobre os materiais que usei, quase tudo veio do garden Flores na Mão, que fica em Holambra, ou da rede NetShopping Garden , nosso parceiro que envia pra todo o Brasil – e está com 10% de desconto pros verdinhos que comprarem com o cupom INTENSIVAO, olha que legal!

Os vasos de papel que mostrei são da Nagmo Bio, que está no Insta com @vasos.biodegradaveis. Os charmosos cachepôs de feltro são da Feltros Santa Fés e do Goma Ateliê. A estufinha de madeira toda estilosa é da T.S. Brasil.

Além do bebê chifre-de-veado, mostrei no vaso de gravetos (da Flora Atlanta Decor) a Alocasia reginula "Black Velvet", uma das minhas folhagens preferidas – a danada é difícil de encontrar, mas vale encomendar nos gardens da sua cidade. No finalzinho da aula, plantei a Ctenanthe burle-marxii, que é pequenininha mesmo depois de adulta, tipo eu! Ah, e ontem bombou gente perguntando da orquídea no fundo do cenário, é a Phaius tankervilleae, uma espécie enorme, terrestre, que floresce justamente no inverno.

Ufa! Por hoje é só, tô um bagaço, mas amanhã tem mais! Te encontro às 10h30, no YouTube, pra nossa terceira aula, sobre elas, as VERDINHAS!

Beijo,

Carol Costa

Minhas Plantas recomenda