página inicial / blogs / Carol Costa

Um jardim pronto ou plantado por você?

© Carol Costa/Minhas Plantas

Um jardim para já



O passo a passo secreto para fazer um projeto paisagístico de sonhos em apenas... uma vida!

Por Carol Costa

"De que sabor é esse doce que você está comendo, Laurinha?" A pequena olha a embalagem como se soubesse ler, pensa um pouco e diz "sabor de gostoso!". Acompanho com curiosidade o crescimento das minhas sobrinhas. Gosto de ver como vão mudando as feições, a voz, as brincadeiras. Bebês parecem se desenvolver tão devagar, mas basta ficar uns meses sem vê-los e logo se nota como espicharam, já não cabem nas roupinhas, olha só, o cabelo fino caiu e a cabeça está coberta de cachinhos. Eram mudinhas ainda ontem e, agora, já estão desabrochando.

Você sente essa curtição quando eles ainda nem vieram ao mundo. Converse com qualquer grávida e vai ouvir em detalhes cada pequena mudança no corpo, a ansiedade de ver logo a carinha do filhote, o desejo de que cresça forte e saudável.

Já pensou como seria estranho uma grávida dizer "ai, amiga, não vejo a hora que ele saia da faculdade...". Como assim? Se o bebê nem nasceu, pra que essa pressa toda?

Existe receita para ter um jardim rápido?


Pois é exatamente assim que conversam comigo muitas pessoas que querem começar um cantinho verde em casa. Estão "grávidos" da ideia de ter mais contato com a natureza, mas querem tudo pronto. Não tem curtição, não tem "vamos escolher os vasos, os seixos, se vai ter horta, como faz pra ter passarinhos", nada. Esse tipo de "grávidos" aparece pedindo algo que fique "bonito, verde, florido e dando fruta o ano todo". Juro. Assim, como se fosse um pedido num restaurante fast food, manja? "Ah, pois não, um jardim para já. Fritas acompanha, senhor?"

Começar um jardim é um jeito super divertido de NÃO sentir o tempo passar. Logo vira um exercício de terapia, quase um mantra, um jeito de limpar a mente e estar ali, tirando matinho, de corpo e alma. O tchanãs da coisa é justamente o processo e não o fim — até porque a jardinagem nunca tem fim.

Comece semeando e acompanhe o crescimento


Quando você começa a semear uma horta, mesmo que seja no menor dos vasos, num cantinho de nada do parapeito de uma janela, abre-se um clarão de energia na sua vida. Como ouço minhas irmã e cunhada dizerem da maternidade, o jardineiro amador logo percebe que tem "muito mais pique do que imaginava". É um tal de regar daqui, podar dali, checar se tem praga, recolher folhas secas, colocar adubo, colher... A planta pode até ter vida curta, mas o trabalho, não, e parece que quanto mais árdua é a jardinagem, mais gostoso fica.

Não quero que minhas mudas "cresçam logo" nem almejo uma mangueira que dê fruta o ano todo — uma das coisas mais deliciosas do mundo é esperar que chegue o verão para colher mangas no pé.

Adoro tirar fotos de sementes, ver como uma pedrinha tão dura e sem graça logo cria "perninhas", ganha folhas e espicha, ali, bem na minha frente, dia a dia. Amo acordar e ir correndo ver se o botão de orquídea já abriu ou ser surpreendida pelas novas cores que a abóbora ganhou no processo de amadurecimento.

A graça está toda no processo. No caminho. Curta suas plantas como quem curte um percurso bonito e não como quem não vê a hora de chegar ao destino final. Jardinagem tem sabor de gostoso.

Publicado na Revista Natureza – 354
postado em 27/08/2018 - Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Livro Cactos e outras Suculentas para Decoração

Quem é fã de cactos e suculentas sabe o quando é difícil encontrar informações sobre essas plantinhas queridas. Classificar a coleção de "gordinhas" e identificar as espécies com exatidão é uma tarefa árdua. Pesquisar na internet acaba trazendo mais dúvidas do que soluções. Mas, respire aliviado, porque o tempo de … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Por um mundo mais verde e menos cinza

Nossa piracicabana Carol Costa conta um pouco sobre como mudou de área, trocando 15 anos de vida de escritório pela melhor carreira da sua vida: jardineira. No texto abaixo, publicado originalmente no Instagram, a ex-jornalista mostra que escolher o próprio caminho é possível, e que vale a pena investir e … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

O básico sobre orquídeas Phalaenopsis

Orquídeas são uma das flores mais utilizadas para presentear, e no Dia das Mães não é diferente. Depois de ganhar a planta, vem a pergunta que muitas pessoas fazem: e agora, como cuidar desta bela flor? Nossa jardineira Carol Costa ensina os cuidados básicos para as mamães felizardas e futuras … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Trabalhar com plantas é fácil, acessível, e pode ser sua próxima carreira

O verde acolhe todos. Plantar em um jardim ou vaso é algo democrático, acessível e simples, mesmo para quem é jardineiros de primeira viagem. Nossa jardineira Carol Costa conta neste texto, como as plantas conseguem reunir pessoas de várias áreas. Profissionais como jardineiros, paisagistas, produtores de espécies ornamentais e alimentícias … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Como saber se uma planta é tóxica ou segura para seu pet

Existe uma fonte segura com uma lista de plantas que são tóxicas para animais? Nossa jardineira Carol Costa costuma responder muitas perguntas sobre essa dúvida comum de amantes de jardinagem e também são tutores de pets. Antes de ficar apavorado com notícias da internet, principalmente casos isolados, e sair divulgando … (+)
Leia mais
© Alexandre Pavan/Minhas Plantas

Tenha mais plantas e use menos desinfetantes

O verde domesticado A jardinagem ganha cada vez mais espaço em casas, escritórios e apartamentos – mas nunca estivemos tão distantes do quintal de terra dos nossos avós Por Carol Costa Uma criança precisa de menos de 20 minutos fazendo bolinhos de terra ou correndo descalça no gramado para ir bem … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Como ter uma horta dentro de casa mesmo sem sol

Este é o canto mais escuro da minha cozinha, distante 3,5 metros da janela face Sul, aquela que recebe só claridade, nunca sol. Não poderia ser um lugar mais impossível pra se ter uma horta e, no entanto, aqui estão minhas verdinhas com dez dias de vida, crescendo animadas … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 8

Nossa jardineira Carol Costa fez no episódio 8 do programa A Louca das Plantas, no GNT, um jardim mediterrâneo em uma cobertura! Os desafios era acabar com o vento, o que impedia o cultivo de qualquer planta. Nossa louca piracicabana também queria criar não só um jardim, mas um espaço … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 7 (selva urbana)

Nossa jardineira Carol Costa fez no episódio 7 do programa A Louca das Plantas, no GNT, uma verdadeira selva urbana. Uma das salas do apartamento da Fernanda e do Andrés tinha uma janela enorme, muita claridade, uma mesa com quatro lugares, e, alguns vasinhos com as plantas bem tristes, já … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 6

Um apartamento pode ter muitas plantas, só é preciso escolher as espécies corretas, e é exatamente isso que nossa jardineira Carol Costa fez no episódio 5 do programa A Louca das Plantas no GNT. Olhando a disposição das janelas, nossa louca piracicabana entendeu que a sala recebe uma quantidade de … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 5

Dá para ter uma mini-fazenda em um... quintal? Claro que dá! Com direito a horta, jabuticabeira, orquidário e muitas, muitas plantas. No episódio 5 do A Louca das Plantas do Canal GNT, nossa jardineira Carol Costa mostrou dicas de como impedir que um gato atrapalhe o cultivo de uma horta … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 4

O episódio 4 do A Louca das Plantas foi ao ar na última sexta-feira, dia 01/02, pontualmente às 22h no Canal GNT. Os verdinhos que acompanham o programa da nossa jardineira Carol Costa já viram a criação de um jardim com lago que atraiu até uma garça, a transformação … (+)
Leia mais
mostrar mais