página inicial / blogs / Carol Costa

Brincar na terra e com plantas é bom para crianças e adultos

© Carol Costa/Minhas Plantas

Tesouros escondidos lá fora


Procurar bichinhos, subir em árvores, comer trevinhos e fazer bolo de barro são algumas aventuras que esperam você e seus filhos bem longe do computador.

Por Carol Costa

A receita era de família: um maço de trevos bem picados, água o quanto baste, dois punhados de terra, um caramujo desavisado e, voilà!, estava pronto o bolinho. De barro, é claro, como devem ser os bons assados infantis. O trevo ia da boca pro barro e, eventualmente, de volta pra boca, carregando consigo a crocância de uns grãos de areia. Minha mãe se descabelava para desencardir minhas calças. Mas que criança feliz tem roupas sem manchas?

As descobertas ao brincar em um jardim


Brincar "lá fora" envolve descobertas maravilhosas. É ver a lagarta e entender a borboleta. Olhar uma rã em sua graça e não em seu visgo. Descobrir na boca o tempo certo de colher mangas e a rapidez das moscas-da-fruta na goiabeira.

Não há escola mais generosa do que uma árvore robusta. Escalar, procurar, caçar, pendurar, degustar, cair, quebrar – eis os verbos que a aula de português nunca ensinará de forma palpável. Como é que pode a fruta já nascer com o bicho dentro? Quem botou a lagarta ali, enroladinha? Como cabe uma borboleta inteira no casulo? De onde vem o acordar das sementes ao menor borrifo de água? Pra onde vão os cabelinhos do dente-de-leão depois de assoprados?

Uma visita cuidadosa à sombra de uma árvore pode revelar: um ninho de passarinho abandonado; duas minhocas secas; vários frutos cobertos de bolores coloridos; meia casquinha de cigarra.

As samambainhas crescem tronco acima. As ripsális correm galho abaixo. A grama foge da sombra em busca do sol e, enquanto líquens decoram o bordado das aranhas, dezenas de brotos crescem aos pés da planta mãe. No chão, pulsam besouros de todos os formatos, tamanhos e fúrias.

E a sapiência do cavocar? É assim que se rompe o edredom de folhas secas e encontra-se o marshmallow de fungos. Chega-se à terra, primeiro dura, seca e avermelhada, e depois grumosa, úmida e quente. É no cavocar frenético que minhocas são partidas e surgem as raízes, tubérculos e rizomas, uma trama de fios que conversam entre si.

Uma cavocada aqui e logo surgem as formigas trec-trec. Surge também a lagartixa, para logo sumir, com a velocidade do pensamento. Aparecem mais raízes: redondas como as da zamioculcas; fininhas tal qual as da jabuticabeira; peludas que nem as da orquídea sapatinho. A expedição mal chega ao auge e já é preciso abandoná-la, ora por causa de uma mamangava que brotou do nada, ora por conta dos pernilongos sedentos ao cair da noite.

Brincar na terra quando se mora em apartamento


Talvez você me lance um olhar de descrédito enquanto pensa "pudera, cresceu no interior". Pois saiba que não! Até os 11 anos fui criada em São Paulo, em apartamento. O meu "lá fora", como o de milhões de crianças, era o pátio do prédio, sob a vigilância do porteiro e a armadura das grades de ferro.

Ninguém precisa de um quintal para se beneficiar de vitamina S – de sujeira, é claro! Aliás, você pode curtir esses tesouros sem nostalgia nenhuma, sendo o adulto que você é, agora mesmo. Que tal fazer isso já? É só abrir os olhos para as coisas miúdas que correm, voam e farfalham ao seu redor.

Aquela formiguinha que inferniza suas manhãs em visitas constantes ao açucareiro – de onde ela vem? Para onde vai? Que surpresas você descobrirá se resolver segui-la por alguns minutos? Vá atrás da formiga! Cavoque até encontrar o coração da terra e só volte pra rotina quando suas unhas estiverem bem sujas. E traga para mim um carrapicho de souvenir, em vez de um snap dessa tarde feliz.

Publicado na Revista Natureza – 352

postado em 13/08/2018 - Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 4

O episódio 4 do A Louca das Plantas foi ao ar na última sexta-feira, dia 01/02, pontualmente às 22h no Canal GNT. Os verdinhos que acompanham o programa da nossa jardineira Carol Costa já viram a criação de um jardim com lago que atraiu até uma garça, a transformação de … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 3

O episódio da horta na laje fez muito sucesso. Quem assistiu o programa A Louca das Plantas no Canal GNT, viu quantas espécies de plantas nossa jardineira Carol Costa consegue colocar num mesmo espaço, unindo harmonia, beleza e funcionalidade. A quantidade de informações é tão grande, que a jardineira piracibacana … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 2

Nossa jardineira Carol Costa postou no Instagram do Minhas Plantas um montão de informações sobre o segundo episódio do A Louca das Plantas, seu programa sobre jardinagem no Canal GNT. O episódio #2 foi sobre um quintal pouco aproveitado onde bate pouca luz solar, e ainda um cãozinho filhote. A … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A Louca das Plantas - detalhes do episódio 1

Nossa jardineira Carol Costa postou no Instagram do Minhas Plantas um montão de informações sobre o primeiro episódio do A Louca das Plantas, seu programa sobre jardinagem que estreou no dia 11 de Janeiro. O episódio #1 teve um combo: um jardim com lago! Aqui você encontrará as espécies de … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Carol Costa conta os bastidores do A Louca das Plantas

Nossa jardineira Carol Costa estreia o "A Louca das Plantas", um programa de tv "novo em folha" no canal GNT e foi ao ar no dia 11 de janeiro, às 22hrs (mas você ainda pode assistir, tem link no final do post). A produção durou meses e, para dividir este … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Carol Costa é A Louca das Plantas no GNT

No dia 01/02, às 22h, vai ao ar o quarto episódio do A Louca das Plantas no Canal GNT com nossa jardineira Carol Costa. Anote na sua agenda, cole um post-it na tv e ajuste o alarme do celular. Além disso, haverá reprises do programa, anote os dias e horários: … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Jardim para bruxas reais e fadas inventadas

Pelo olhar da infância, mesmo o menor dos canteiros esconde mistérios e seres mágicos, como grilos, joaninhas e mariposas Por Carol Costa Lembro do tanque de pedra, do cheiro de local úmido e sombreado, do limo escorregadio e do musgo fofo e macio. Lembro da água parada, um espelho perfeito … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Um quintal para uma jardineira de apartamento

Da jardineira de apartamento que ganhou um quintal As descobertas e os aprendizados de morar por alguns meses numa casa em Holambra (SP) para construir um jardim com as próprias mãos Por Carol Costa Abri a tampa do tambor, de onde vinha um cheiro penetrante de comida estragada: embaixo de … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Livro de Carol Costa é um manual para jardineiros

Nossa jardineira Carol Costa quer saber dos leitores como está o seu livro "Minhas Plantas - Jardinagem Para Todos (Até Quem Mata Cactos)". Já se passou um ano desde o lançamento e o livro tornou-se um querido manual para jardineiros de todo o Brasil. A piracicabana ainda brincou e desafiou … (+)
Leia mais
© Alexandre Pavan/Minhas Plantas

Corretor Ortográfico Ou Hortográfico?

Plantando dementes em ladeira íngrid É tanta mensagem doida e enigmática que chega por aqui que está na hora de inventarem um Corretor Hortográfico, para ajudar a gente a tirar dúvidas de jardinagem Por Carol Costa Anote a dica aí: jogue "dementes" num terreno "vadio" que ainda tenha a terra … (+)
Leia mais
© Bruno Geraldi

Aprenda a linguagem das plantas

Plantês para iniciantes Treine sua sensibilidade com este exercício simples, feito um minuto por dia, e veja como falar a língua das plantas ficará super fácil Por Carol Costa As pupilas estavam tão dilatadas que mal se via o amarelo nos olhos da gata. O rabo balançava freneticamente enquanto ela … (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Insetos benéficos para seu jardim

Seres crocantes embaixo dos seus pés Se permita um novo olhar para besouros, aranhas, baratinhas e outras criaturas cheias de perninhas que trabalham pesado para seu jardim viver cheio de borboletas Por Carol Costa "Manhê!!! Tem um BICHO aquiiiii!" Dona Bia invadia o banheiro, abria o box com superpoderes de … (+)
Leia mais