página inicial / vídeos

Jardim em QUINTAL CIMENTADO em 4 metros quadrados

Saindo mais um episódio do Sob Medida, a nova série da STIHL Ferramentas e do Jardim das Ideias. Neste segundo projeto, nossa jardineira Carol Costa terá apenas 4 metros quadrados para criar e os seguintes problemas para resolver: um jardim em um lugar cimentado, que fica num espaço abafado, sombreado e com falta de privacidade. Mas elas tem uma solução pra tudo isso: muitas plantas! Quer compartilhar pelo Whatsapp? Clique aqui.

A primeira coisa é podar a primavera (Bougainvillea spectabilis), uma trepadeira que dá flores lindas, mas também traz muita sombra para o local. Com a podadora à bateria HSA 45, nossa louca piracicabana corta alguns galhos e aumenta um pouco o sol no lugar – as novas moradoras verdes agradecerão em breve. Poda feita, é só limpar o local: o soprador à bateria BGA 45 serve para varrer as folhas do chão. O uso de ferramentas à bateria traz duas vantagens: são práticas, já que ela não tem cabos, e são silenciosas, perfeitas para o serviço em escolas, condomínios, casas de repouso e hospitais. Para limpar o piso, a lavadora de alta pressão RE 98 e um detergente multiuso deram conta do recado. Problemas de sombra e limpeza da área cimentada: resolvidos.

Escolhendo as espécies de plantas para o jardim cimentado


Para aumentar a privacidade da área, Seu Remi Feilstrecker, o assistente da Carol, instalou uma esteira rústica para barrar a visão da casa do vizinho. E a tapadeira ainda serve de pano de fundo para as novas plantas. As espécies escolhidas são plantas resistentes, fáceis de cuidar e que trarão um "frescor" natural ao local. A ráfis (Rhapis excelsa) é uma palmeira que suporta tanto ambientes abafados como espaços internos secos. Você certamente já deve ter visto essa planta em algum consultório ou escritório, pois ela aguenta até a secura do ar condicionado. Carol também investiu no time das grandonas: uma árvore que se dá bem em vaso, o fícus-lirata (Ficus lyrata). Para completar e criar volumetria, vieram folhagens maiores, como Calathea orbifolia, maranta-pena-de-pavão (Calathe makoyana), e outras baixinhas mas exuberantes, como as begônias (Begonia rex "Beleaf Maori Haze" e a Begonia rex "Beleaf Inca Night"). Todas essas são plantas com muitos desenhos e que ostentam folhas de diferentes formas – no caso das begônias, até as cores chamam atenção, indo além dos tons de verde.


Orquídeas resistentes e fácies de cuidar


Sobrou espaço? Então dá para colocar flores também! As escolhidas foram "orquídeas-borboleta" (Phalaenopsis hybrid) e orquídeas-grapete (Spathoglottis hybrid). Esta última, além de ficar florida praticamente o ano todo, é terrestre! Onde tinha terra exposta, nossa jardineira Carol Costa usou casca de pínus para fazer uma cobertura e, assim, manter o solo protegido e com mais umidade. Essa técnica de cobrir o solo é conhecida como mulching – e vale qualquer tipo de matéria orgânica seca: palhas, folhas secas trituradas e até mesmo serragem e cavacos de madeira (desde que sem tratamento químico ou livre de qualquer produto tóxico).

Ainda não lotou os 4m²? Cabe uma planta suspensa, o dólar (Plectranthus coleoides). Carol Costa aproveita e poda alguns raminhos da planta pendente, dando uma dica preciosa: coloque os ramos na água que logo eles criam raízes e você multiplica seu dinh... quer dizer, seus dólares! E já que estamos no alto, vamos terminar com um lindo balanço de cordas.

Quem diria que um econômico espaço cimentado se transformaria em um jardinzão tão rico como este?

Já assistiu o primeiro episódio do Sob Medida? Veja o jardim que nossa louca piracicabana Carol Costa criou em um espaço de 5m² clicando aqui.

Links e parceiros:
STIHL Ferramentas
Jardim das Ideias
Floricultura Winge
Ven Flor
Vasos Vasart
Magna Flora
Studio Drê Magalhães
Flora Fujimaki
R. Acosta Plantas Ornamentais
T.S. Brasil
Veiling Holambra