Como colher os vegetais da sua horta

Plantou sementes de hortaliças e agora pintou aquela dúvida sobre como fazer a colheita? Nossa jardineira Carol Costa explica como aproveitar ao máximo as folhas daquelas verduras incríveis que você semeou na sua horta, seja no canteiro ou em vasos. Veja como fazer a colheita correta de vegetais como couve, repolho, rabanete, cebolinha, brócolis, cenoura e outros. Bora colher?

Uma técnica pra cada planta


Nossa jardineira professora esteve na Horta Eco Raiz, em Holambra (SP) pra mostrar a maneira correta de colher hortaliças. Dependendo do vegetal, você arranca, corta ou até mesmo colhe várias vezes o que quiser consumir, sem que a planta pare de produzir. O momento da colheita é a recompensa pra quem jogou o medo fora e decidiu plantar suas sementes e cultivar seu próprio alimento. Se ainda não começou, corre pra assistir às aulas do Horta em Vasos, um dos cursos da Universidade Minhas Plantas. Se você ainda não é aluno, clica aqui pra fazer sua inscrição.

Verduras de folhas largas e firmes


Couve, couve-flor, brócolis e repolho são plantas da mesma família, todas elas de folhas bem largas e... formas diferentes de colher! A couve-manteiga (Brassica oleracea var. acephala) precisa ter as folhas arejadas, senão ela pensa que é uma das suas irmãs e começa a fechar cabeça – é o que acontece com espécies como o repolho, por exemplo, onde as folhas se enrolam sobre elas e forma uma massa compacta em forma de bola. Você pode colher as folhas da couve-manteiga arrancando as folhas, de baixo para cima e, se a planta recebe bastante Sol e adubo, ainda renderá colheitas por até um ano, olha só que fartura! As brotações que surgem na parte mais baixa do caule podem ser arrancadas, seja pra consumo, seja pra fazer mudas.

Cabeça de repolho


No repolho (Brassica oleracea var. capitata) também dá pra colher as folhas de baixo pra consumir refogadas, inclusive o gosto é bem parecido com as da couve. Mas, quando a gente cultiva repolhos, queremos as cabeças! A cabeça do repolho rende uma única colheita: você arranca toda aquela bola verde super saborosa. Aproveite pra remover todas as folhas que sobraram e fazer um novo plantio, de preferência, de uma outra hortaliça. Lembre-se de manter as folhas de baixo, colhendo algumas pra consumo e mantendo as outras pra que a planta forme uma espécie de ninho, senão o repolho não forma cabeça.

Brócolis diferentes, mesma variedade


Brócolis-ninja e brócolis-ramoso ou comum (Brassica oleracea var. italica) são da mesma espécie e variedade, mas aquele montão de flores saborosas se formam de maneira diferente nos dois tipos: enquanto o ninja é bem compacto e maciço, o ramoso tem as flores mais espaçadas. As folhas de ambos são comestíveis: dá pra colher as de baixo (chamada de saia) e, quando a cabeça estiver formada, use uma faca e colha aquele buquê maciço do brócolis-ninja. Já pra colher o brócolis-ramoso, dá pra colher o florete principal e, se manter a adubação e Sol, as florações laterais também poderão ser colhidas, mesmo que tenham um tamanho menor comparado ao do principal.

Como colher cebolinha


Cebolinha (Allium schoenoprasum) pode ter suas folhas colhidas de fora pra dentro, cortando o que for consumir. As mais finas, corte bem rente ao chão e, se quiser colher uma quantidade maior, deixe toquinhos mais altos. Continue a adubação depois dessa poda, pra que a planta tenha energia pra continuar o desenvolvimento de novas folhas. Lembre-se de cobrir com palhinhas protetoras os toquinhos depois da adubação, pra manter a umidade e os nutrientes no substrato.

Raiz e folhas da cenoura


Cenouras (Daucus carota) devem ser arrancadas e você saberá o momento certo pra fazer isso: assim que o comecinho da cenoura despontando do solo – como disse nossa louca das plantas, o "cocuruto" da cenoura surgir, é hora de puxar a planta pelo caule. Não desperdice as folhas, elas também são comestíveis e rendem um gostoso refogado!

Rabanetes firmes e suculentos


Rabanetes, beterrabas e nabos também seguem a mesma forma de colheita da cenoura: arranque a planta toda, assim que a parte superior da raiz começar a despontar. No vídeo, Carol mostra como colher rabanetes (Raphanus sativus) e, ainda dá a dica de manter coberta as raízes enquanto elas não estão completamente desenvolvidas. Coloque uma boa cobertura de palhinhas protetoras pra que as raízes não se tornem fibrosas e percam o sabor antes da colheita.

Consulte as instruções do pacote de sementes


Se tiver dúvida do momento de fazer a colheita, lembre-se de seguir a orientação da embalagem das sementes. Lá você encontra o melhor período pro plantio e também o momento da colheita. Isso é importante porque existem variedades com tempos bem diferentes entre si e, de acordo com a localidade da sua horta e o período do ano, o tempo de desenvolvimento até a colheita também muda.

Se empolgou e quer começar hoje mesmo sua horta? Vale a pena dar uma olhada no Horta em Vasos, lá na Universidade Minhas Plantas.

Figurino:
Carol usa colar, do Studio Drê Magalhães, lenço, da Loja Botânica, blusa e calça do acervo pessoal.

Minhas Plantas recomenda