Poda e elevação do caudex da rosa-do-deserto

Aquela rosa-do-deserto escultural que você vê em fotos na internet recebeu uma ajuda de quem a cultivou. O caule grosso e retorcido, assim como o desenho dos galhos que lembram uma arvorezinha, foi o trabalho de uma boa poda das raízes e dos ramos. Nossa jardineira Carol Costa mostra como os profissionais fazem a poda e condução da rosa-do-deserto, pra você repetir o passo a passo aí na sua casa.

Caudex da rosa-do-deserto


A rosa-do-deserto (Adenium obesum) é uma planta conhecida pelo seu desenho e vigor. Com o tronco largo e um jeitão atarracado, a planta pode chegar a 4 metros, consegue ter uma aparência de árvore mesmo em vasos e com pouca altura. O que dá essa característica pra planta é o seu caule grosso e com aparência lenhosa. O caudex, também conhecido por cáudice, pode ser tratado pra que fique ainda mais com a aparência de uma senhora árvore em miniatura, com raízes torcidas e formando um desenho harmonioso e característico da rosa-do-deserto. O trio de truques pra criar este conjunto é: poda correta, adubação e tempo pra planta se desenvolver.

Escolhendo as raízes


O segredo é colocar a planta em um novo vaso, ajustando suas raízes e elevendo um pouco a rosa-do-deserto. Coméquiéisso, Carol? No momento do transplante pra um novo vaso, você remove delicadamente o torrão de terra das raízes (vale até usar um pincel nesta etapa) e seleciona as mais grossas pra formar o desenho desejado. No vídeo, nossa louca das plantas mostra como escolher as melhores raízes e descartar algumas delas. Dá uma olhada no calendário antes e escolha sempre a lua nova ou minguante quando for mexer em raízes de plantas.

Como tratar raiz doente


Caso encontre alguma raiz molenga e com mau cheiro, ligue o alerta: a planta está sofrendo com uma doença fúngica ou de origem bacteriana. Caso aconteça, descarte o substrato antigo, corte a parte da planta atacada e aplique um cicatrizante preparado com vaselina em pasta, canela em pó e extrato de própolis. A mistura é feita sem quantidades certas e quando pronta, lembra um brigadeiro de colher (não coma, por favor!). Dá pra encontrar o passo a passo desta pasta no livro Minhas Plantas - Jardinagem para Todos (Até Quem Mata Cactos) e também na Universidade Minhas Plantas. Importante: não esqueça de lavar bem as mãos e higienize as ferramentas de corte na chama de um fogão, pra evitar que a doença bacteriana se alastre no seu jardim.

Elevando o caudex


Raízes no jeito, é hora de plantar a rosa-do-deserto no novo vaso – não esqueça dos furos de drenagem! Em uma mistura de substrato pra mudas com areia, adicione Bokashi pra garantir uma boa adubação e, com o auxílio de uma pedra, eleve um pouco a planta dentro do novo vaso, expondo uma parte das raízes, como Carol faz no vídeo. Se a rosa-do-deserto passou por uma poda mais severa de raízes, evite fazer a remoção dos ramos por, pelo menos, 6 meses – esse é o tempo que a planta precisa pra se recuperar e estar pronta pra uma nova sessão de condicionamento da sua forma de arvoreta. Tudo na rosa-do-deserto é beeeem demorado, então, paciência é um dos ingredientes indispensáveis pra você ter sua planta bonitona como as que aparecem nos Instagrams e Pinterests da vida!

Materiais e plantas mostrados no vídeo:
rosa-do-deserto (Adenium obesum)
tesoura de desbaste
prato de plástico
substrato pra mudas
areia
pincel
vaso de barro com furos
Forth Bokashi
vaselina em pasta
canela em pó
extrato de própolis
livro Minhas Plantas - Jardinagem para Todos (Até Quem Mata Cactos)
pedra

Figurino:
Carol usa colar
Studio Drê Magalhães e blusa Simultanea

Links:
Atmosphera Plantas & Paisagismo
Como podar rosa-do-deserto pra dar mais flores
Universidade Minhas Plantas

Minhas Plantas recomenda