Como podar rosa-do-deserto

Assine a Universidade Minhas Plantas (clique aqui)

É hora de podar sua rosa-do-deserto! Se só de pensar em pegar uma tesoura já dá aquele friozinho na barriga, este vídeo é pra você. Em uma mão, pega sua tesoura de poda, a rosa-do-deserto, um tiquinho de coragem e, na outra, segura na mão da nossa jardineira Carol Costa. Agora, sua rosa-do-deserto vai ficar lindona e cheia de flores!

Sol e calor


Podar uma rosa-do-deserto é algo necessário, se você quer uma planta cheia de flores e bem formada. Além das condições ideias de cultivos, como muito Sol (tem deserto no nome, lembra?) e nada de frio. Sol e calor é o ideal pra ela e, por isso, a planta se deu tão bem aqui no Brasil. Você encontra rosas-do-deserto em várias tonalidades, do vermelho bem vivo ao rosa suave e, com pétalas simples ou duplas.

Podando a planta


Como esta planta dá flores pelas ponteiras, o truque é criar mais ramos na sua rosa-do-deserto. Dá pra fazer isso na planta pequena ou já formada. Em rosas-do-deserto ainda pequenas, você poderá notar que algumas já formam mais ponteiras e outras, somente um caule mais longo. Pra que a planta tenha mais ramificações, a poda é a chave. Com uma tesoura de desbaste, faça um corte, como Carol mostra no vídeo e, pra garantir uma cicatrização sem correr o risco da planta ser atacada por fungos ou bactérias, polvilhe canela em pó na área cortada.

Multiplicar por mudas ou sementes


O mesmo processo de poda é feito na planta adulta e aqui, tem duas informações bem interessantes. Como a planta é mais desenvolvida, você consegue podar uma parte maior da ponteira e aproveitar pra tirar mudas. Plante a haste, depois que a área podada foi polvilhada com canela em pó e tenha cicatrizado. A segunda informação é sobre esta nova planta: diferente da rosa-do-deserto plantada através de sementes, a nova mudinha crescerá mas não formará aquela raiz escultural que costumamos ver em rosas-do-deserto.

Tesoura e paciência


A rosa-do-deserto é uma planta de crescimento bem lento. As plantinhas dos vasos que Carol mostra no vídeo, têm cerca de oito meses. Depois da poda, a planta só dará sinais de folhas novas se desenvolvendo a partir do segundo mês.

Formando a copa


É bom lembrar que a rosa-do-deserto é uma árvore e, se você quer criar uma planta com um desenho de copa bem espalhado, faça a poda de uma forma que os galhos cresçam nas direções certas. Cada área podada dará, pelo menos, duas novas ramificações. Uma boa dica é começar a poda de cima pra baixo, assim, você terá uma melhor noção de como ficará a copa.

Adubo e calor


Depois da poda, não esqueça da adubação. A planta precisará de macro e micronutrientes pra se desenvolver melhor. Ah, e se a poda foi feita numa época do ano mais quente, a sua rosa-do-deserto modificará mais rápido do que no frio.

Quer aproveitar e aprender muito mais sobre plantas os truques pra fazer com que elas fiquem mais bonitas e com mais flores? Assine a Universidade Minhas Plantas (clique aqui)

Materiais e plantas mostrados no vídeo:
rosa-do-deserto (Adenium obesum)
tesoura de desbaste
Forth Bokashi
canela em pó

Figurino:
Carol usa colar Studio Drê Magalhães e blusa Simultanea

Assine a Universidade Minhas Plantas (clique aqui)

Minhas Plantas recomenda