página inicial / vídeos

13 dicas para virar jardineiro profissional

Deseja trabalhar cercado de plantas e fazer do verde sua profissão? Neste vídeo, nossa jardineira Carol Costa mostra 13 dicas para você trilhar o caminho para seu sonho. Seja para quem busca ter um negócio próprio, trabalhar mais próximo da família, obter uma renda extra ou buscar um novo emprego... seja o que for, este vídeo vai te colocar no rumo da sua próxima profissão. Quer compartilhar esse vídeo pelo Whatsapp? É só clicar aqui!

Fase semente


Você está nesse grupo se é um amante de plantas, tem seus vasos de violetas, suculentas e encara a jardinagem como um hobby. Mas, com as dicas certas, você dará um passo em direção ao seu futuro (e mais prazeroso) trabalho.
Dica 1: desenvolva sua experiência pessoal – observe as plantas, os detalhes, as manchinhas, a direção do crescimento... um bom jardineiro aprende a "ler" a planta e também a fazer testes. Não tenha medo de experimentar.
Dica 2: conheça o básico da botânica - água, luz, adubo, pragas e doenças. Entendendo esses elementos simples, você está apto a ser um bom jardineiro. Livros ajudam bastante, e a internet também (mas cuidado com sites amadores). O livro "Minhas Plantas - Jardinagem Para Todos (Até Quem Mata Cactos)" tem toda informação que um jardineiro iniciante precisa, e numa linguagem super acessível.
Dica 3: construa um repertório. Depois de estudar e observar bem, você terá conhecimento para identificar plantas de sombra, sol, meia sombra e, o mais legal, saberá sugerir plantas para determinados locais.

Fase mudinha


Parabéns, agora você evoluiu. Já tem raiz e suas folhas estão crescendo. É hora de começar a experimentar mais do que seus vasos de plantas.
Dica 4: faça projetos pequenos. Uma sala, uma varanda, arranjos florais e de suculentas, kokedamas... tem bastante opção para você começar a trabalhar com plantas. Um ótimo começo é o "Curso Online de Arranjos com Suculentas", no qual você aprenderá desde identificar as plantas e construir os arranjos até como precificar e criar sua própria marca.
Dica 5: aprenda com a jornada. Experimente, perceba os errinhos, faça ajustes... no próximo projeto, você já estará mais experiente, pois já passou por alguns perrengues.
Dica 6: invista em boas ferramentas. Em um trabalho, os equipamentos corretos auxiliam a ter um melhor resultado e em menor tempo. Além disso, compras certeiras evitam gastos futuros. Ferramentas são apenas pás e tesouras de poda: um bom curso também entra nesse quesito, pois te faz aprender mais e melhor.

Fase transplante


Você cresceu tanto como jardineiro que chegou a hora de mudar para um vaso maior ou, quem sabe, um jardim? É o momento de pegar o jardineiro (advogado, balconista, dentista, professora, assistente administrativo...) e transformá-lo em "jardineiro-profissional".
Dica 7: busque referências. Assim como toda grande banda de músicos teve inspirações e influências antes do sucesso, não tenha medo de tietar e seguir canais sobre jardinagem, escritores, paisagistas... Seja uma orquídea epífita, istoé, escolha crescer nessas frondosas árvores cheias de conhecimento: os profissionais da jardinagem.
Dica 8: prepare-se financeiramente. Ter fôlego para respirar nesse momento de transição de profissão é muito importante. Tenha paciência e precaução nessa etapa – conhecer a experiência de jardineiros experientes será de grande valia.
Dica 9: encontre a sua voz. Seja autêntico, saiba identificar o que você gosta e vá além da cópia inicial do seu ídolo. Sabendo buscar sua linguagem, você será tão bom quanto os profissionais e ainda dará seu toque pessoal.

Fase árvore


Você cresceu tanto que dá sombra e abrigo para vários seres que crescerão em seu entorno!
Dica 10: conheça o pólo produtor. É preciso saber de onde vem aquele mundo de plantas que vemos nos garden centers. Se você já é um profissional - seja agrônomo, paisagista ou dono de floricultura - saiba mais sobre o local onde são produzidas 7 de cada 10 plantas vendidas no Brasil: Holambra (SP). Conhecer as feiras e eventos como Hortitec,Enflor e Garden Fair e Veiling Market, é obrigatório.
Dica 11: estabeleça relações locais. Conheça os produtores da sua região e garanta fornecedores específicos para sua área de atuação.
Dica 12: produza e crie sem medo. Crie, experimente, não tenha receio. Sem medo é que conseguimos ir além do óbvio.
Dica 13: compartilhe e una esforços. A jardinagem é algo cooperativo e ensina muito para nós. Ao compartilhe suas experiências e conhecimentos, você terá novos amigos, parceiros e clientes. Lembre-se que toda árvore começou como uma sementinha.

Onde encontrar livros de Carol Costa:
Saraiva
Isla
Jardim Botânico Plantarum

Curso Online de Arranjos com Suculentas - clique aqui

Tesoura Limmat

Planta do vídeo:
café-de-salão (Aglaonema commutatum "Silver King")