Como cuidar de orquídea Cymbidium

O inverno é a época preferida do Cymbidium. Com flores grandes e folhas longas em forma de fita, esse gênero de orquídeas é facilmente encontrado em gardens centers e floriculturas quando o friozinho chega. Aproveita que começou a temporada da planta e chega mais, que nossa jardineira Carol Costa ensina como comprar, plantar e cuidar do Cymbidium.

Flores grandes e duradouras


Existem 70 espécies diferentes de Cymbidium no mundo e, todas elas são de clima fresco e bem úmido. Por isso, aqui no Brasil, o inverno é a época em que a planta está no seu auge. Nas épocas mais quentes do ano, é possível encontrar o chamado "Cymbidium de verão" – uma variedade que floresce no calorão, mas paga um preço: com hastes mais curtas e flores menores e em menor quantidade, não é tão impactante quando a planta que floresce no inverno brasileiro

Cymbidium é orquídea terrestre


Cymbidium são orquídeas terrestres, o que torna o seu cultivo mais simples até mesmo pra jardineiros inexperientes. Além disso, todo Cymbidium têm pseudobulbos: formações gordinhas na parte de baixo no caule, que funcionam como reservatórios naturais de nutrientes e água. Com folhas bem mais longas e flexíveis do que as de outras orquídeas, esse gênero suporta bem melhor o vento e o frio.

Como escolher um Cymbidium


Antes de levar um Cymbidium pra casa, siga estas dicas pra escolher o melhor exemplar da planta. Escolha uma orquídea que tenha botões fechados, assim a florada durará mais tempo na sua casa. Dê uma boa olhada nas hastes: se tiver dois Cymbidium pra escolher, prefira o que tiver mais brotos jovens, ao invés de uma que tenha vários pseudobulbos velhos.

Pseudobulbos secos


Falando em pseudobulbos, vale a pena fazer uma limpeza das palhinhas secas do seu Cymbidium. Essa cobertura serve pra proteger a base do caule quando o pseudobulbo ainda é jovem, mas, depois de seca, acaba virando um ótimo esconderijo pras pragas – remova as palhinhas delicadamente e, as cochonilhas terão que encontrar outro lugar pra morar. Não remova os pseudobulbos se ainda estão firmes: mesmo os velhos e enrugados ainda fornecem energia pra planta. Só os tire do vaso se eles estiverem totalmente secos.

Como fazer transplante de vaso


Pra plantar Cymbidium, escolha vasos grandes e com furo. No vídeo, Carol usa um vaso da linha Urban, da Vasart e, como ele não tem furo, nossa jardineira piracicabana providencia um rapidamente, com a ajuda de uma tesoura. Comece preenchendo o recipiente com uma camada de argila expandida, cubra com um pedaço de manta de drenagem e, em seguida, coloque o substrato pra orquídeas terrestres. Antes de replantar o Cymbidium, solte as raízes do torrão – isso faz com que a orquídea enraíze melhor. Com jeitinho, vá soltando as raízes e tome cuidado pra não se machucar com a haste de metal. O ideal é plantar a orquídea sem flores – mexer nas raízes pode fazer com que a planta aborte toda a floração Deixe sempre mais espaço no vaso pra "frente" da planta, ou seja, bulbos mais antigos pra trás. Já que o Cymbidium é terrestre e gosta de umidade, uma camada de folhas secas sobre o substrato será muito bem vinda.

Adubando e regando o Cymbidium


Adubar é bem fácil: no vídeo, Carol escolheu o osmocote, um adubo de liberação lenta que fará o serviço de fornecer um pouquinho de nutriente sempre que a planta for regada. Uma colher de chá pra um vaso grande é o suficiente. Nada de misturar adubos, verdinho... leia a embalagem pra saber quando poderá ser feita a próxima adubação. Falando em regas, apesar do Cymbidium gostar de umidade, nada de excessos – use a técnica do dedômetro antes de colocar mais água no vaso. Tocou a terra e a ponta do indicador saiu suja, ainda tem umidade o suficiente.

Materiais e plantas mostrados no vídeo:
substrato pra orquídeas terrestres e adubo Osmocote, da Forth Jardim
vaso Urban, da Vasart
tesoura
folhas secas

Figurino:
Carol usa blusa e colar do acervo pessoal

Mais links:
Inscreva-se no grupo do Telegram (o nosso "Telegreen") https://t.me/minhasplantas
Universidade Minhas Plantas
Loja Minhas Plantas

Minhas Plantas recomenda