5 dicas pra ter tomateiro em casa

Assine a Universidade Minhas Plantas (clique aqui)

Imagina que legal seria ter um pé de tomate em casa e poder colher aquelas frutas suculentas e vermelhas. Agora, deixa o sonho de lado e vem botar a mão na terra com nossa jardineira Carol Costa. Aprenda cinco dicas pra garantir um tomateiro lindo e carregado de tomates!

Dica #1: semear nos meses frescos


O tomateiro (Solanum lycopersicum) é uma planta originária da região da cordilheira dos Andes, na América do Sul. Por isso, ele gosta de frio e vai curtir ser semeado no outono e, principalmente, no inverno. Escolha a variedade de sementes que mais te agrada, seja de pacotinhos, como Carol mostra no vídeo ou, tirando a semente da própria fruta e deixando secar num papel-toalha. Semeie em um vaso grande e cuide dos bebês tomates.

Dica #2: não exagerar na rega


Um dos cuidados principais com o seu tomateiro envolve as regas e, é preciso segurar a "molhite". Muita água acaba fazendo com que os frutos gerados possam ficar aguados e rachados. O que também leva à terceira dica...

Dica #3: evitar excesso de nitrogênio


Esse macronutriente é importante pra planta mas, em excesso, faz com que o tomateiro produza frutos aguados e que se partem. Aí, lá se vai o fruto e o seu sabor. Prefira usar um adubo com macros e micronutrientes, como o Bokashi – tem link aqui.

Dica #4: cortar as brotações laterais


Pra garantir que a planta tenha energia suficiente pra gerar os frutos e amadurecê-los, remova as brotações laterais. O tomateiro quer produzir o máximo de flores, que se transformarão em frutos mas, é uma tática da planta pra ter muitas sementes. E aí, você precisa indicar pra planta que queremos é tomates bem formados e grandes. Como fazer isso? Removendo as brotações laterais, como Carol mostra no vídeo. Se tiver um broto grandão, vale colocá-lo num copo com água pra enraizar e fazer um novo tomateiro!

Dica #5: plantar na palha anterior


Quando seu tomateiro estiver no fim da vida, você pode replantar novamente, no mesmo vaso e aproveitando a palhada da planta anterior. Tomates curtem germinar e crescer no meio das folhas e caules da planta anterior – quase como aquelas famílias que vivem na mesma casa há gerações, sabe? Então, nada de remover a planta velha e seca: misture essa palhinha no substrato e semeie mais uma rodada de tomates pra ter uma nova colheita.

Viu, como conhecendo os truques certos, dá pra ter alimento fresquinho e colhido no seu quintal, varanda ou até num vaso na cozinha? Assine a Universidade Minhas Plantas (clique aqui).

Materiais e plantas mostrados no vídeo:
sementes de tomates, da Isla Sementes
tesoura de desbaste
Forth Bokashi

Figurino:
Carol usa colar Ju Fonseca Design, blusa Lucy in the Sky, calça e colete Maria Garcia e tiara do acervo pessoal.

Loja Minhas Plantas

Universidade Minhas Plantas


Assine a Universidade Minhas Plantas (clique aqui)

Minhas Plantas recomenda