Cinco tipos de espadas-de-são-jorge

Assine a Universidade Minhas Plantas (clique aqui)

Espada-de-são-jorge é uma planta inconfundível, todo mundo já viu alguma dessas variações no quintal de uma tia ou avó. O que a maioria talvez não saiba é que existem outras espécies e todas elas são plantas bastante resistentes e que vão bem até em locais com pouca luz solar. Nossa jardineira Carol Costa mostra cinco

Planta clássica em novas versões


Nomes diferentes pra variações da mesma planta: lança-de-ogum, espada-de-santa-bárbara, lancinha, ou a tradicional espada-de-são-jorge são verdinhas bem resistentes e com um estilo de folhas inconfundível. Não tem local ou tempo ruim pra elas: ar-condicionado, pouca luz, sol, alguns dias sem água, maresia... as espécies do gênero Dracaena, conhecidas ainda pelo sua antiga classificação – sanseveria – mostram que são guerreiras. Conheça cinco tipos de espadas-de-são-jorge pra você ter na sua casa.

Espada-de-são-jorge


Começando pela Dracaena trifasciata, a sanseveria mais conhecida, é a popular espada-de-são-jorge. Com folhas longas, padrões rajados de verde escuro vão bem em locais com sol fraco (duas horas), quando a planta possui uma listra amarela nas bordas e, resistem à mais tempo no sol (quatro horas), quando suas folhas são mais escuras e sem a bordinha. Mais do que isso, a planta sobrevive com uma cor mais desbotada e não fica tão bonita. E, olha só, dá pra encontrar as duas plantas em versões pequenas, em forma de roseta.

Verde claro


A variedade sanseveria-prateada (Sansevieria trifasciata "Moonshine") tem um tom bem claro, ótima pra dar uma iluminada em canteiros. Suas folhas são mais largas e bastante duras, lembrando até um aspecto coriáceo. Aguenta qualquer parada, até mesmo, maresia!

Verde escuro


Existe uma outra variedade de sanseveria, a pequena (mas valente) Sansevieria trifasciata "Black Dragon", de folhas escuras e com o tamanho perfeito pra ficar em vasos dentro de casa. Até mesmo no banheiro, a plantinha vai ficar de boa por alguns dias. Um truque esperto é deixar a planta até cinco dias no local que não bate sol e, levar a mocinha pra tomar um banho de raios solares por uns dois dias, desde que sejam fracos – nunca coloque diretamente no sol forte uma verdinha que está algum tempo num local sombreado.

Longa e pontuda


A sanseveria-cylindrica (Dracaena angolensis) faz juz ao seu nome. Diferente da sua irmã, as folhas desta planta são bem firmes e duras, com pontas que lembram um chifre e alcançam até um metro e meio!

Folhas largas


Exuberante, a vitória (Dracaena masoniana) tem ares de realeza. Suas folhas, beeeem largas, são plantadas de um jeito que lembra muito uma coroa. Vale a pena procurar essa planta e fazer um canteiro incrível!

Crescendo pros lados


Se quer algo bem diferente, a sanseveria "Boncel" (Dracaena cylindrica "Boncel") é cilíndrica mas, ao invés de crescer como estacas, essa planta se espicha pros lados de forma alternada, fazendo um desenho único e que merece um local de destaque na sua casa.

Folhas escuras e sinuosas


Pra terminar, a sanseveria-kirkii (Dracaena pethera "Coppertorne") é bem diferente das suas irmãs de folhas largas. Ao invés de um tom verde, ela é bem escura e com um desenho ondulado. No meio da folha, existe uma listra negra que pode mudar de cor, dependendo da quantidade de sol que a planta recebe.

Todas essas plantas da lista são ótimas pra filtrar o ar, removendo partículas invisíveis e que fazem mal pra nós, humanos. Quem não quer ter ao seu lado guerreiras tão valentes? Reproduzí-las é muito fácil, basta separar as touceiras ou replantar as brotações laterais.

Quer aproveitar e aprender muito mais sobre plantas e truques pra fazer com que elas fiquem bonitas e com mais flores? Assine a Universidade Minhas Plantas (clique aqui)

Materiais e plantas mostrados no vídeo:
sanseveria (Dracaena trifasciata)
sanseveria-cilíndrica (Dracaena angolensis)
vitória (Dracaena masoniana)
sanseveria "Boncel" (Dracaena cylindrica "Boncel")
sanseveria-kirkii (Dracaena pethera "Coppertorne")

Figurino:
Carol usa vestido Lenny Niemeyer
colar Michael Michaud

Assine a Universidade Minhas Plantas (clique aqui)

Minhas Plantas recomenda