Dicas pra escolher vasos, substrato e rodízios

Clique aqui e inscreva-se no Casa Cheia de Verde

Antes de levar substrato, plantas e vasos pra casa, assista este vídeo. Nossa jardineira Carol Costa mostra tudo o que você precisa saber pra comprar a quantidade correta de materiais pro transplante da sua recém adquirida plantinha, sem exagerar nos gastos e ainda, deixando o conjunto leve e fácil de mudar de lugar.

Conheça a necessidade da planta


Bateu aquela vontade de fazer um paisagismo bem estiloso e resolveu levar, além de plantas, vasos novos. Lembre-se de colocar na lista o substrato, que deve ser de acordo com a espécie comprada. Pra uma orquídea Phalaenopsis, por exemplo, leve substrato pra orquídea, que é composto de casca de pínus e outros materiais pra simular uma árvore – Phalaenopsis são espécies epífitas, plantas que crescem agarradas em troncos. Quanto menor a orquídea, menor o tamanho dos pedacinhos do substrato.

Escolha o substrato certo


Pra plantas que crescem no solo – inclusive orquídeas terrestres – o ideal é saber o tamanho que a planta atingirá quando desenvolvida, e também, se gosta de umidade ou cresce em local mais seco. A maioria das plantas, como as begônias, preferem substrato pra mudas, que é fino e retém mais umidade. Carol mostra no vídeo o substrato pra floreiras, da Forth Jardim e o mix de plantio, da Yes, We Grow!, ambos perfeitos pra quase todas as plantas que cultivamos em casa: folhagens, flores e hortaliças, por exemplo.

Altura do vaso


Enquanto um tipo de substrato funciona bem pra quase todas as plantas, o tamanho e formato do vaso, não. Algumas espécies precisam de recipientes mais fundos, enquanto outras, alguns poucos centímetros de substrato são o suficiente pra que a planta desenvolva suas raízes. Sabendo o tamanho da planta, você saberá o quanto de substrato precisa levar pra casa.

Tamanho grande, peso pena


Se a intenção, além do cultivo, é criar um paisagismo de encher os olhos, vale usar vasos de vários tamanhos: pequenos, grandes, altos ou largos. Mas, tem truque pra economizar substrato e dinheiro: se a espécie precisa de pouco material pra fixar as raízes, não tem sentido encher um vaso super alto com um montão de substrato. Além de tornar o vaso super pesado, toda aquela terrinha maravilhosa não será utilizada. O truque da nossa louca das plantas é bem simples e tá explicadinho no vídeo, com um infográfico: dentro do vaso grandão e alto, use um vaso plástico vazio, de boca para baixo. Complete as laterais com um material leve, como isopor ou argila expandida. Cubra com uma camada de manta de drenagem ou mesmo jornal velho e, aí, é só fazer o plantio normalmente. Quer mais dicas de paisagismo? Inscreva-se no Casa Cheia de Verde, o evento sobre jardinagem e paisagismo que começa no dia 22 de setembro – clique aqui.

Plantas altas, vasos baixos


Planta pequena em vaso grande dá super certo com o truque do vaso oco. Mas, pense bem se vale a pena plantar uma espécie alta em um vaso alto, ainda mais se a verdinha escolhida tem potencial pra crescer ainda mais, como é o caso de uma jiboia (Epipremnum pinnatum). Prefira um vaso mais baixo e largo que servirá também de base pra manter a planta equilibrada. Pra uma espécie de proporções médias, que manterá seu tamanho e forma por mais tempo, como um cróton (Codiaeum variegatum), um vaso alto ou um baixo funciona. Se escolher um mais alto, aproveite o próprio vaso plástico pra fazer o truque do vaso oco.

Bases com rodízios


Em muitos casos, mesmo quando usamos recursos pra deixar o vaso mais leve, os rodízios facilitarão sua vida. Desde mover a planta só pra passar um aspirador ou vassoura, até colocar a verdinha com vaso e tudo em outro cômodo da casa, uma plataforma com rodinhas será, literalmente, uma mão na roda pra você. Escolha modelos com rodas de silicone e com eixos giratórios e, fuja dos materiais frágeis e com rolamentos de plástico. Ficou com dúvida, aproveita o conhecimento do vendedor e converse com ele – a ajuda de um profissional que conhece planta e materiais será muito bem vinda no momento da compra.

Materiais e plantas mostrados no vídeo:
Vasos e plantas, do Shopping Garden
Phalaenopsis hybrid
substrato pra orquídeas
Begonia rex "Beleaf Maori Haze", da Flora Fujimaki
substrato pra floreiras, da Forth Jardim
substrato mix de plantio, da Yes, We Grow!
jiboia (Epipremnum pinnatum)

Figurino:
Carol usa colar CAS, blusa Yogini e calça do acervo pessoal.

Loja Minhas Plantas

Casa Cheia de Verde – parceiros:

Forth Jardim
Leroy Merlin
Shopping Garden
Veiling Holambra
Vasart
Yes, We Grow!

Inscreva-se no Casa Cheia de Verde - clique aqui.

Minhas Plantas recomenda