página inicial / blogs / Carol Costa

Terrários, mini-jardins e seus segredos

© Carol Costa/Minhas Plantas

O segredo da floresta envidraçada


Pequenos, fáceis de manter e perfeitos para ambientes internos, os terrários viram febre e atraem cada vez mais pessoas dispostas a cultivar folhagens em potes e garrafas de vidro

Por Carol Costa

De um lado da rua de cascalho fino, um cavalo pasta aos pés de uma gigantesca árvore-da-felicidade. Na outra margem, o pasto recoberto de musgo tem gotículas de orvalho e as touceiras de grama-preta despontam pela paisagem, aqui e ali, contrastando com as nervuras vermelhas da fitônia. Ao fundo, uma samambaia-havaiana se abre em leque qual um farto bambuzal, suas frontes dispostas em graciosas plumas verde limão. Um esquilo segura sua avelã imóvel como só um bicho de plástico é capaz de permanecer. São seis horas da manhã e o dia nasce agradavelmente quente e abafado dentro do vidro, na floresta mágica que o terrário encerra.

O meu primeiro terrário


Até que eu fizesse meu primeiro terrário, cinco anos atrás, sempre achei que esse era um artesanato de vó, primo-irmão do macramê, do bordado e do café de coador. E não é que tudo isso voltou — repaginado, modernoso, empoderador de moças, moços e moç@s, como se vê por aí. E terrário, aquele troço que você fazia a contragosto na mostra de ciências do colégio, virou um objeto de desejo, a promessa de ter seu quinhão de florestinha ali, preservado, intocável, secreto.

Meus primeiros arranjos dentro de vidros foram um fracasso. Levei um tempo pra confirmar o que é bem óbvio pros botânicos: que as suculentas realmente odeiam umidade. Colocava rosas-de-pedra, dedinhos-de-moça, kalanchoes e outras bonitezas de folhas gorduchas todas reunidas num vidro bonito, plantadas com capricho. Em poucas semanas as primeiras melavam, tornando o vidro elegante um ambiente de cultura maravilhoso para contemplar o rápido crescimento de… bactérias!

A verdade é que os terrários clássicos, aqueles criados pelo inglês Nathaniel Ward, conseguiram revolucionar a pesquisa botânica ao reunir num vidro fechado espécies com duas características essenciais: que gostassem de muita umidade e crescessem com pouca luz solar. Daí que nenhum dos livros moderninhos de "terrários" ia muito além do "faça um jardim num vidro aberto e encha de miniaturas", então, o jeito foi revirar a seção de artesanato dos sebos mais fedorentos que eu encontrasse pelo caminho. E, batata!, nas páginas amarelas dos livros antigos, entre o passo a passo de um banquinho de papel machê e a técnica de pintura em gesso, lá estavam os tais terrários.
Os modelos que foram moda no Brasil 30, 40 anos atrás não eram tão minimalistas quanto os atuais. Feitos em vidros esverdeados de gargalo muito fino ou em caixinhas com esquadrias metálicas, eles eram montados com paciência e capricho, a dupla que sempre gera bons resultados. As plantas, no entanto, continuam sendo as mesmas de hoje: samambaias, begônias, chamaedoreas, antúrios, lírios-da-paz, tudo crescendo numa massaroca verde que logo grudava nas paredes e enchia o dono de orgulho.

Terrário é a solução para ter plantas dentro de casa


Hoje, os terrários estão por toda parte, conquistando corações até de quem se achava "dedo podre". Além de serem fáceis de cuidar — basta manter o vidro pertinho de uma janela onde não bata sol direto —, essas florestinhas ganharam notoriedade porque, pouco a pouco, se transformam numa fonte de renda extra pra tantos desempregados ou descontentes com seus empregos. É quase como se fizessem um convite: "Venha viver neste micro mundo, aí fora a vida anda muito tumultuada, mas aqui dentro é calmo e silencioso". É um convite tentador, mas eu é que não sou louca de ir morar num lugar com minhocas do tamanho de cobras e onde os esquilos nunca saem do lugar…

Publicado na Revista Natureza – 351
postado em 7/08/2018 - Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

50 Dias de Verde - a quarta semana

Este é o resumo da quarta semana da série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora e seus amigos verdinhos transformam o quintal de uma casa em Holambra num jardim de sonhos. Criada pela STIHL Ferramentas em parceria com o Jardim das Ideias, a ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

50 Dias de Verde - a terceira semana

Este é o resumo da terceira semana da série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora e seus amigos verdinhos transformam o quintal de uma casa em Holambra num jardim de sonhos. Criada pela STIHL Ferramentas em parceria com o Jardim das Ideias, a ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

50 Dias de Verde - a segunda semana

Este é o resumo da segunda semana da série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora e seus amigos verdinhos transformam o quintal de uma casa em Holambra num jardim de sonhos. Criada pela STIHL Ferramentas em parceria com o Jardim das Ideias, a ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

50 Dias de Verde - a primeira semana

Carol Costa vai mostrar que é possível transformar um quintal num jardim de sonhos em apenas 50 dias. É a série projeto 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora vai reunir seus amigos verdinhos numa casa em Holambra, a capital brasileira das flores. Criada pela STIHL Ferramentas ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Plantas pendentes no programa É De Casa

Nossa jardineira Carol Costa esteve no dia 14 de abril de 2018 no programa "É De Casa", da TV Globo e conversou com a apresentadora Patrícia Poeta. O tema foi plantas pendentes, uma ótima pedida para quem tem pouco espaço ou quer dar um colorido especial para uma parede. Tem ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Carol Costa no programa É de Casa da Rede Globo

Nossa jardineira Carol Costa é especialista em terrários, e dá aulas para quem quer aprender a construir estes mini-jardins. São pessoas com espírito de jardineiro, mas que possuem um problema comum em cidades: falta de espaço e tempo. Para isso, nada melhor do que um terrário: traz as plantas para ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Sua chance de comprar o livro "Minhas Plantas" com desconto

Nossa jardineira Carol Costa é multi-uso: apresentadora de programa de rádio, de tv, youtuber, blogueira, professa, e claro, escritora. O livro "Minhas Plantas - Jardinagem Para Todos (Até Quem Mata Cactos)" já é um sucesso de vendas, ensinando de um jeito simples tudo o que você precisa para se tornar o ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Dendrochilum filiforme, cores e tintas

Nossa jardineira Carol Costa começou o ano cheia de novos planos e colocando a mão na massa. Já nos primeiros dias de 2018 lançou o projeto 1 Verde Por Dia no Instagram (clique para conferir - @1verdepordia), e ainda atacou de decoradora. No melhor estilo DIY, ela resolveu dar uma cara ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Maranta leuconeura var. erythroneura - 1 Verde Por Dia

Verdinho querido, feliz Ano Novo pra gente! Hoje, começo um projeto que venho sonhando desde 2014, o 1 Verde Por Dia (no Instagram @1verdepordia). A ideia é oferecer informações básicas pra ajudar você a encontrar a verdinha ideal pro seu jardim, vasinho ou canteiro. Cada foto vem com uma paleta ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Feliz dia do Jardineiro

Parabéns pra você, pessoinha cheia de dúvidas e inseguranças, mas que enfia as mãos na terra com uma coragem que nem sabe de onde vem. Um viva procê que deixa o manjericão dar flor pras abelhas, pra você que salva joaninhas da chuva e alimenta minhocas como se fossem pets ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Arranjo com rosa-de-pedra e cacto-coração

Sedum, senécio, rosa-de-pedra, barba-de-moisés e cacto-coração dividem espaço amigavelmente neste arranjinho de suculentas feito num vidro quadrado da T.S. Brasil. Esse tipo de arranjo agrupa aquelas pessoinhas que não necessariamente cresceriam juntas na natureza, mas que, aqui, funcionam lindamente como bests. É que a barba-de-moisés que faz esse cabelinho ... (+)
Leia mais
© Brunna Mancuso

Livro 365 Dias Para Plantar, de Carol Costa

O que falta para você começar um cantinho verde em casa? Qual empurrãozinho precisa pra se animar e plantar hoje mesmo aquela hortinha na cozinha? Que plantas você tentou ter e não foram pra frente? Essas são algumas das perguntas que usei como ponto de partida pra escrever o "365 ... (+)
Leia mais
mostrar mais