página inicial / guia de plantas / forrações
agerato
  • Nome popular

    agerato

  • Outros nomes

    mentraço, mentrasto, celestina, erva-de-santa-lúcia, erva-de-são-joão

  • Categoria forrações
  • Ordem Asterales
  • Família Asteraceae
  • Subfamília Asteroideae
  • Tribo Eupatorieae
  • Subtribo Ageratinae
  • Gênero Ageratum
  • Espécie Ageratum houstonianum
  • Origem México
  • Tamanho até 30 cm
  • Propagação por muda e por semente
  • Iluminação
    sol pleno
  • Rega média água
  • Plantio
    outono
  • Perfumada não
  • Floração
    inverno
    primavera
  • Frutos não comestíveis

Mesmo pequeno, um jardim a sol pleno ganha destaque com o agerato, essa flor delicada, felpuda e de cor vibrante, que cria uma textura aveludada em qualquer cantinho. Nativa das regiões mais quentes do México, essa planta de folhas peludas é muito resistente ao frio brasileiro, tornando-se bastante comum nas regiões serranas e no Sul do país. Costuma ser encontrado com facilidade nas floriculturas, onde é vendido até mesmo como flor de corte, compondo graciosos arranjos em vasos com água.

O ciclo do agerato - da semente até a flor


Das 43 espécies desse gênero, a espécie Ageratum houstonianum é a mais cultivada. O agerato faz parte do grupo de plantas chamadas "anuais": do momento em que rompeu a semente até morrer, seu ciclo de vida não ultrapassa duas estações do ano. Por esse motivo, precisa ser replantado anualmente, a menos que você tenha paciência e espere que as abundantes sementes produzidas pelas flores durante a primavera caiam, brotem e enraízem atém gerar novas mudas ao redor da planta-mãe. Uma boa maneira de aumentar a sobrevida da planta é eliminar as flores mortas tão logo murchem, evitando que sejam desperdiçados nutrientes e energia vital.


Como escolher e cuidar do agerato e suas aplicações medicinais


Ao comprar mudas prontas, cheque com o produtor o tamanho final da planta, já que há híbridos de três alturas, 15 cm, 20 cm e 30 cm. Com um pouco de pesquisa, você também poderá encontrar agerato nas cores branco e rosa claro, bem mais incomuns do que a variedade de flores azuladas. Junto de outras plantas anuais, compõe bonitos maciços no jardim, trazendo cor ao gramado ou a áreas de tons mais sóbrios.

Há relatos de que a espécie possui propriedades medicinais — além de agir como um analgésico natural, o agerato poderia diminuir os efeitos da TPM. No entanto, seu uso deve ser conduzido por um médico, uma vez que suas folhas e flores podem causar danos ao fígado. Ainda bem que essa bela planta não tem contraindicação no jardim!

Clique para saber mais sobre agerato nas seguintes seções do site:
Dúvidas frequentes sobre agerato
Vídeos sobre agerato
Galerias de imagens com agerato
Posts no blog sobre agerato
Áudios sobre agerato
Eventos sobre agerato
Culinária com agerato