Quando devo trocar a orquídea de vaso?

Vera Pereira
© Carol Costa/Minhas Plantas

Vera, no geral, as orquídea devem ser trocadas de vaso quando o substrato (o material em que estão plantadas) fica velho, o que acontece a cada quatro anos, mais ou menos. Alguns substratos duram mais (xaxim, casca de pínus, esfagno-do-chile), outros menos (fibra de coco, esfagno nacional, sabugo de milho), mas todos eles uma hora apodrecem – exceto os chamados materiais "inertes", como pedra, isopor e carvão. Nunca mude a orquídea de vaso quando ela estiver florida: o estresse costuma fazer a planta liberar etileno, uma substância que faz os botões e as flores caírem. Depois que a orquídea dá flor, muitas espécies entram em dormência, passam um período sem atividade, meio "paradonas", descansando. Esse período pode durar de poucas semanas a vários meses, dependendo da espécie. Quando elas "acordam", começam a dar sinais de vida, produzindo raízes e brotos novos. Esse é o momento perfeito para mudar sua planta de vaso. No caso das orquídeas que não têm dormência, você só precisa esperar a floração acabar para fazer o transplante. Escolha um dia fresco para fazer isso e regue bem a planta antes e depois, para evitar que ela desidrate. Nas semanas posteriores, você precisará manter o substrato sempre úmido e adubar a menina pelo menos a cada 15 dias. Também é importante deixar a planta em local com muita luz, mas sem sol direto, até que ela tenha "pego" e possa ser cultivada no ambiente definitivo.

Veja mais posts relacionados:
2 tipos de adubo orgânico para orquídeas
Sempre troco as plantas de vaso, está certo?
Como mudar a orquídea de vaso