página inicial / guia de plantas / orquídeas
orquídea-negra
  • Nome popularorquídea-negra
  • Outros nomes
  • Categoriaorquídeas
  • OrdemAsparagales
  • FamíliaOrchidaceae
  • SubfamíliaEpidendroideae
  • TriboCymbidieae
  • SubtriboMaxillariinae
  • GêneroMaxillaria
  • EspécieMaxillaria schunkeana
  • OrigemBrasil
  • Tamanho20 cm (flores de 1,5 cm)
  • Propagaçãopor divisão de touceira
  • Iluminação
    sol pleno
  • Regamédia água
  • Plantio
    o ano todo
  • Perfumadanão
  • Floração
    o ano todo
  • Frutosnão comestíveis
No final dos anos 90, Batman algumas vezes combateu o crime em Gothan City ao lado de uma heroína nada convencional (bom, nos quadrinhos, elas raramente o são). Além dos superpoderes tradicionais das mocinhas – a saber, andar sobre telhados com salto agulha, se agarrar em beirais usando luvas finas e, claro, fazer tudo isso com a maquiagem intacta –, ela voava, aguentava tiros sem um arranhão e ainda mudava de forma. Nada era páreo para a Orquídea Negra, um mulherão vestido de roxo, com uma capa presa aos pulsos que lhe dava muito mais o aspecto de esquilo-voador do que de planta, mas vá lá.

Orquídea negra depois deu nome a uma banda australiana de gothic metal; a uma HQ dos britânicos Neil Gaiman e Dave McKean; e até a um disco inteiro do cantor brasileiro Zé Ramalho, do surpreendente verso "Você é a orquídea negra/ Que brotou da máquina selvagem/ E o anjo do impossível/ Plantou como nova paisagem".

A orquídea-negra é exótica, mas é fácil de cultivar


Tanto barulho por uma flor tão pequena! Pois é, a orquídea tão celebrada mede 1,5 cm e passa a maior parte do tempo meio escondida na folhagem fina. Essa pequena maravilha nativa das florestas do Espírito Santo lembra a pele da pantera-negra, que de preta também não tem nada, basta olhar sua pelagem de perto. Da mesma forma, as pétalas da Maxillaria schunkeana são de um vermelho bem escuro.

A despeito da polêmica de sua cor, a orquídea-negra merece nossa devoção, sim. Ela cresce depressa, entouceirando em pouco tempo, e dá flores de curta duração (no máximo 5 dias), várias vezes ao ano. Por sorte, a Maxillaria schunkeana não tem pose de artista, seu cultivo é simples.

Essa espécie gosta de locais sombreados e muito úmidos, mas não de água parada nas raízes. A melhor forma de cultivá-la é em vaso de barro furado, com uma camada de pedras, isopor ou cacos de telhas no fundo, para que o excesso de água escorra rapidamente. O substrato mais usado é uma mistura de casca de pinus e pedaços de carvão, mas em locais onde venta muito você pode incluir um pouco de esfagno perto das raízes.

Orquídea-negra é pequena e pode ser cultivada dentro de casa


Como tem pseudobulbos bem pequenos, a orquídea-negra não consegue armazenar muitos nutrientes e, em casas e apartamentos, fica dependente da adubação semanal, com NPK 20-20-20, diluído na proporção de 1 colher de chá para 1 litro de água, borrifados na planta toda. Na natureza, ela se fixa em árvores e rochas criando touceiras que "agarram" restos de galhos, folhas e outros materiais orgânicos – ao se decompor, eles oferecem nutrientes fundamentais à planta.

Justamente por essa característica meio "curva de rio", ao encontrar uma orquídea-negra, mantenha as mãos longe da touceira: ela pode abrigar heróis que são vilões para os seres humanos, como cobras, lagartos e escorpiões.