página inicial / guia de plantas / frutíferas
figueira-de-jardim
  • Nome popular figueira-de-jardim
  • Outros nomes figo-ornamental, figueira-vermelha
  • Categoria frutíferas
  • Ordem Rosales
  • Família Moraceae
  • Subfamília Ficaea
  • Tribo
  • Subtribo
  • Gênero Ficus
  • Espécie Ficus auriculata
  • Origem Índia, Vietnã e Tailândia
  • Tamanho de 6 a 9 m
  • Propagação por estaca
  • Iluminação
    sol pleno
  • Rega pouca água
  • Plantio
    primavera
  • Perfumada não
  • Floração
    verão
  • Frutos comestíveis
A figueira é um árvore cheia de referências simbólicas: trata-se da primeira planta descrita na Bíblia – Adão teria vestido suas folhas ao descobrir que estava nu – e muitos povos da antiguidade a consideravam sagrada, fonte de fertilidade. As primeiras mudas chegaram ao Brasil por volta de 1500, pelas mãos do colonizador português Martim Afonso de Souza.

As muitas espécies de figueiras no Brasil


Não é esta a espécie que produz os frutos que conhecemos no Brasil e, sim, a Ficus carica. A confusão tem base científica: Ficus é um dos maiores gêneros de plantas do mundo, com mais de 700 espécies de figueiras, entre as de frutos comestíveis e as que são exclusivamente ornamentais. Plantas absolutamente diferentes entre si fazem parte dessa grande família, como é o caso da unha-de-gato (Ficus pumila), da falsa-seringueira (Ficus elastica) e do prosaico fícus (Ficus benjamina), talvez uma das árvores mais mal cultivadas em todo o Brasil.

Na figueira-de-jardim os frutos são semelhantes aos figos comuns, mas são mais duros e achatados. Eles despontam o ano todo nos principais ramos e também direto do tronco, desde a base da árvore até os galhos mais altos. Possuem polpa interna gelatinosa e comestível, muito apreciada pelos povos asiáticos – podem ser consumidos tanto crus quanto secos ou cozidos.


O melhor solo e o espaço ideal para cultivar a figueira


Rústica, a figueira-de-jardim se adapta com facilidade ao clima brasileiro e não exige muita manutenção. Prefere solos profundos e enriquecidos com matéria orgânica, com boa drenagem para que não acumulem água nas raízes. Seus frutos são muito procurados por pássaros e morcegos, que ajudam a dispersar suas sementes.

Como acontece com a maioria dos Ficus, a figueira-de-jardim jamais deve ser plantada perto de muros, paredes, piscinas ou onde haja encanamento ou fiação próximos. Suas raízes fortes arrebentam estruturas de concreto e suas folhas caem em grande quantidade uma vez por ano. Para evitar mutilações à copa, prefira cultivar qualquer árvore desse gênero sempre em local espaçoso, ensolarado e longe de obstáculos. A árvore agradecerá com uma densa sombra e com frutos muito doces.

Clique para saber mais sobre figueira-de-jardim nas seguintes seções do site:
Dúvidas frequentes sobre figueira-de-jardim
Vídeos sobre figueira-de-jardim
Galerias de imagens com figueira-de-jardim
Posts no blog sobre figueira-de-jardim
Áudios sobre figueira-de-jardim
Eventos sobre figueira-de-jardim
Culinária com figueira-de-jardim