página inicial / guia de plantas / frutíferas
carambola
  • Nome popular carambola
  • Outros nomes camerunga, carambola-doce, limão-de-caiena
  • Categoria frutíferas
  • Ordem Oxalidales
  • Família Oxalidaceae
  • Subfamília
  • Tribo
  • Subtribo
  • Gênero Averrhoa
  • Espécie Averrhoa carambola
  • Origem Índia e Malásia
  • Tamanho de 4 a 8 m
  • Propagação por muda e por semente
  • Iluminação
    sol pleno
  • Rega pouca água
  • Plantio
    o ano todo
  • Perfumada não
  • Floração
    o ano todo
  • Frutos comestíveis
Caramboleiras são tão comuns no interior de alguns estados que só mesmo quem é da cidade grande se espanta ao saber que aquelas minúsculas flores rosadas geram os belos frutos em forma de estrela que encontramos... embaladinhos em bandejas de isopor no supermercado!

Aplicações e recomendações do uso da carambola


Originária da Índia, essa árvore que alcança até 8 metros de altura ganhou muitos usos medicinais no Brasil: controla a febre, aumenta o apetite, ajuda a emagrecer, combate a disenteria e o escorbuto e atua até no controle de diabetes. Os indianos fazem saladas com suas folhas, que são muito empregadas por aqui como uma espécie de pomada contra picada de insetos – basta socá-las em um pilão e aplicar a "papa" sobre a área, deixando agir por 15 minutos.

Mesmo com tantos benefícios, vale tomar muitas precauções antes de consumir a carambola, uma vez que o fruto pode ser extremamente nocivo para quem tem problemas renais. Portadores de insuficiência renal crônica devem, portanto, passar longe das estrelinhas: a carambola possui caramboxina e alto teor de ácido oxálico. A caramboxina não consegue ser filtrada por rins doentes e se acumula no corpo, causando problemas que vão de simples soluços até convulsão e a morte. Já o alto teor de ácido oxálico pode induzir pedras no rim em pessoas com predisposição à doença.

Como cultivar a caramboleira


Quanto à árvore da carambola (a ), deve ser cultivada a sol pleno, em solo bem drenado e rico em matéria orgânica (adicione uma parte de terra, uma de areia e duas de esterco de vaca bem curtido). Ao semear, não afunde as sementes mais do que 2 cm de profundidade, caso contrário elas acabarão apodrecendo antes de se desenvolver.

Um truque para a muda que será transplantada para o local definitivo é colocar 300 gramas de calcário dolomítico no fundo da cova, fazendo um leito para as raízes. Por cima dele, jogue uma camada de esterco e outra de terra e só então posicione o torrão de raízes, cobrindo em volta com mais terra adubada. Cada muda jovem precisa de uma cova de pelo menos 40 cm de profundidade, distante 4 metros de outra árvore.

Quanto tempo leva para uma caramboleira dar frutos?


De maneira geral, a caramboleira frutifica depressa: mudas de sementes começam a produzir já a partir do terceiro ano, mas você pode encurtar esse prazo em um ano se der preferência às mudas enxertadas. E se prepare para colher muitas frutas, uma vez que cada pé de carambola dá entre 1000 e 2000 estrelinhas por ano.

Clique para saber mais sobre carambola nas seguintes seções do site:
Dúvidas frequentes sobre carambola
Vídeos sobre carambola
Galerias de imagens com carambola
Posts no blog sobre carambola
Áudios sobre carambola
Eventos sobre carambola
Culinária com carambola