página inicial / blogs / Carol Costa

Dendrochilum filiforme, cores e tintas

© Carol Costa/Minhas Plantas
Nossa jardineira Carol Costa começou o ano cheia de novos planos e colocando a mão na massa. Já nos primeiros dias de 2018 lançou o projeto 1 Verde Por Dia no Instagram (clique para conferir - @1verdepordia), e ainda atacou de decoradora. No melhor estilo DIY, ela resolveu dar uma cara nova para sua casa. E, de quebra, apresenta para a gente sua orquídea Dendrochilum filiforme com 51 hastes floridas!

Acompanhe o relato que nossa jardineria multi tarefas postou no Instagram do Minhas Plantas (@minhasplantas). Se você ainda não segue os dois perfis, corre lá e dá uma olhada para se inspirar ainda mais com plantas, flores, ideias e cores!

Comprei essa orquídea em 2009, uma mudinha frágil com dois rabinhos dourados, perfumados, compostos por flores tão pequenas quanto miçangas. Na época, nem imaginava que um dia largaria o jornalismo pra virar jardineira, que lançaria o site Minhas Plantas, que escreveria três livros. Mal suspeitava que trocaria um Ano Novo de fogos na praia de Copacabana por dez dias de pintura do meu apartamento, eu e meu marido, se matando de lixar e tirar pó e passar argamassa e lixar mais uma vez. Eu nem mesmo sonharia que, um dia, esse mesmo Dendrochilum filiforme se encheria com 51 hastes — CINQUENTA E UMA! — e perfumaria meu quarto pintado por mim nesse tom que chama Cerca Viva.

Cheguei até aqui sabendo decor onde está cada escorregada do rolinho de tinta, cada calombo na parede, cada cantinho do rodapé onde tinha um arranhão. Sei também de cabeça que essa orquidinha tão querida nunca falha: todo ano floresce na primeira semana de dezembro e fica assim, encantada, até o final de janeiro.

Só agora, olhando pra trás, consigo ver que o maior aprendizado das plantas pra gente é aceitar o ritmo natural das coisas, que ele é sábio e opera milagres, transformando jornalistas em jardineiras, paredes brancas e encardidas em um turquesa lindo e novo e fazendo mudinhas se tornarem essa explosão de fios de ouro.
postado em 9/01/2018 - Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Como evitar abelhas no bebedouro do passarinho

– Ele me ignora! – Calma, minha filha, também não é assim. – Me sinto rejeitada. Ele nem toca na minha comida… Começou assim minha sessão terapêutica com o seu Daugas Friech. Por telefone, ele me consolava. – Ele é assim mesmo, gosta de coisas espalhafatosas. – Mais kitsch que o bebedouro que eu comprei ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Tomate-cereja pega mais fácil que mato

Se você tem um cantinho ensolarado em casa, que tal cultivar tomates? A variedade cereja cresce rápido e é uma ótima opção para quem está dando os primeiros passos no ramo das hortas caseiras. Escolha sua bandejinha preferida no supermercado e, na hora de preparar a salada, tire as sementes ... (+)
Leia mais
© Divulgação

Por que é difícil ver vagalume nas capitais?

Procurar cigarra em tronco de árvore, colecionar casulo vazio de borboleta, fazer lanterna de vaga-lumes... só mesmo quem foi criado em pequenas cidades do interior é que ainda sabe o que são esses passatempos. Com a poluição, o uso indiscriminado de agrotóxicos e a cobertura vegetal cada vez mais escassa ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

O incrível jardim que brota do cimento

Tiradentes é uma das duas únicas cidades lentas do Brasil – a outra fica no Sul. Aqui, uma slow city, pratica-se o slow food e o slow service. Aliás, tudo é slow: o sol aparece, mas demoooora, a comida chega, mas cuuuusta, e o dedinho de prosa, então, vixemaria, não acaba ... (+)
Leia mais
© Alexandre Pavan/Minhas Plantas

Como a natureza lida com nossos rastros

Apocalipse. Fim dos tempos. Revolta da natureza. Tenho ouvido muito as pessoas comentarem sobre a maneira violenta como o planeta revida às agressões que vem sofrendo há milhões de anos. Os culpados somos nós: do rapaz que joga latinha pela janela do carro à criança que escova os dentes com ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Lagarto, o melhor inseticida para sítios

– Com tanto espaço, por que eles têm que se esconder aqui? Essa é a pergunta que dona Fátima fazia todas as manhãs, assim que acabava de lavar a varanda de sua chácara. Balde e vassoura em punho, ela olhava desanimada para o chão, onde a água fazia uma poça perto ... (+)
Leia mais
© Juliana Valentini/De Verde Casa

Por que você deveria rezar para choverem sapos

Eu não desejo que nenhuma praga bíblica irrompa dos céus nem que comecem a chover gafanhotos, mas se aparecessem mais sapos nas nossas hortas a gente poderia aposentar os inseticidas. Os animais de respiração cutânea costumam ser bem sensíveis à poluição e aos agrotóxicos – você também seria se respirasse pela ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Você registra quando suas orquídeas dão flor?

– Não gostei desse mel novo. – Por que? – É muito líquido. – Mudaram o estado físico do mel e não me avisaram? – Rá-rá, que marido engraçadinho eu tenho. Não sabe que eu gosto de mel empedrado? – Abre uma planilha no Google Docs. Bota lá: “Mel”. Aí, você pode etiquetar os vidros que ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Gangue de formigas assassinas ataca jardineira

Enfim saiu o resultado do teste de alergia. Estava curiosa para descobrir o que tinha me obrigado a passar uma semana de molho, inchada e coberta por pintinhas vermelhas que coçavam intensamente. Bem, descobri. Apesar de não ter comido nenhum ravioli de formiga ao sugo ou uma torta campestre de ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Como NÃO cultivar tomates num apartamento

Adoro uma roça. Tenho palpitações cada vez que vejo uma horta e, se tiver um galinheiro por perto, é capaz de eu botar um ovo de alegria. Em 2001, quando ganhei meu primeiro naco de varanda, minha fazendeira interna despertou. Plantei morangos, pitanga, amora, jabuticaba, vários tipos de temperos. E ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Seu namoro é ecológico o bastante?

Faz 12 anos do nosso primeiro amo você. De lá para cá, essa frase se tornou quase diária, mas nunca perdeu a capacidade de transformar dias chuvosos em sol na praia, tensão em aconchego, choro em gargalhada. O amor mudou a nossa cor, deixou a gente mais verde. Ainda que ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Milho, batata e até alga podem virar plástico!

Nem todo mundo tem uma ecobag à mão quando vai às compras, mas, depois de passar pelo caixa, tem a sensação de que está fazendo um mal tremendo ao planeta ao ver a quantidade de sacolinhas pláticas necessárias para embalar uma compra do mês. Pensando nisso, algumas empresas resolveram criar ... (+)
Leia mais
mostrar mais