página inicial / vídeos

Plantas que repelem insetos naturalmente (para o jardim e dentro de casa)

Qual planta você pode usar para espantar moscas, mosquitos, pernilongos e baratas da sua casa? Nossa jardineira Carol Costa dá a dica não de um, mas de 9 tipos de ervas e flores que são repelentes naturais e vão manter longe da sua família as pragas que picam e incomodam. A louca das plantas preparou uma lista MATADORA com várias opções de plantas anti-insetos chatos que causam doenças. A maioria das espécies sugeridas aqui pode ser plantada até mesmo na sua horta. Sem inseticidas químicos ou produtos tóxicos, você vai dizer adeus ao zumbido e às picadas de uma forma natural e orgânica. Depois de assistir a este vídeo, prepare-se para encher sua casa com muito verde e perfume e, de quebra, expulsar esses bichinhos que tiram o sono (alguns até o sangue) da gente.

Anote a lista que nossa jardineira Carol Costa preparou com 9 plantas que repelem insetos. Aproveite também para compartilhar este vídeo com seus amigos, vizinhos e familiares. Ainda não assina o canal do Minhas Plantas? Então aproveite e inscreva-se. E não esqueça de acionar o sininho para receber um aviso sempre que houver um vídeo novo – tem pelo menos um por semana, e ainda lives surpresas!

As melhores plantas para espantar os insetos da sua casa


boldo (Plectranthus barbatus) e boldinho (Plectranthus ornatus), não é bom só para fazer chá para o fígado, mas são ótimos para espantar formigas.
arruda (Ruta graveolens): a mística planta afasta moscas e mosquitos com seu odor forte. É uma planta arbustiva e muito comum, mas, lembre-se, é tóxica para animais domésticos, como gatos e cachorros.
alecrim (Rosmarinus officinalis): ótimo para temperar legumes e peixes, também serve para afugentar insetos. Esqueça o vasinho, providencie espaço para grandes touceiras e, assim, terá não só uma fonte de tempero como também um efeito repelente. Se você mora no litoral, aproveite esta planta, que é perene, ama sol e solo arenoso.
tomilho (Thymus vulgaris): outra erva aromática usada como tempero e que é preciso em grande quantidade para espantas mosquitos e mosquinhas - além do comum, pode plantar qualquer outro tipo, como o tomilho-limão ou o variegada.
mirra (Commiphora myrrha): com suas flores e folhas perfumadas, é famosa por ter sido o presente de um dos reis magos ao menino Jesus. Ela espanta não só pernilongos e mosquitos, mas, dizem, também o mau agouro e a inveja (xô pragas!).
malva-de-cheiro (Pelargonium graveolens): ótima não só para espantar moscas, ajuda a afastar traças-de-roupa quando se coloca suas folhas secas em sachês. Encha seus armários e gavetas e será o fim de buracos no seu vestuário.
capim-limão (Cymbopogon citratus): também conhecido como capim-santo, é super perfumado. Não confundir com a citronela (Cymbopogon winterianus), que, apesar do mesmo gênero, são espécies de plantas diferentes. Só para citar, o óleo essencial da citronela é usado em velas repelentes. Porém, se for para escolher, prefira o capim-limão, pelo seu perfume mais cítrico. Sem falar que ele ainda serve de tempero e chá.
manjericão (Ocimum basilicum): pode ser qualquer espécie – verde, roxo, crespo, folha-alface... O importante aqui é que seu cheiro forte incomoda insetos de uma forma natural e pode até mesmo ser usado sem problemas para afastar os pets bagunceiros que adoram cavoucar sua horta e jardim.
cidreira: são tantas espécies... Já que seu princípio ativo é o importante, não se preocupe: "todas" as plantas com cidreira no nome valem!

Bônus: uma flor que repele insetos no seu jardim naturalmente



Como bônus desta lista, que tal uma planta que dá flores? A tagetes (Tagetes erecta), também conhecida pelo pessoal mais velho como cravo-de-defunto, tem um perfume bem característico e afugenta não só moscas, pernilongos e mosquitos, mas também baratas e nematóides. Para quem nunca ouviu falar nesse bichinho, que lembra mini minhocas transparentes, nematoide é um verme que causa estragos nas raízes de plantas. Então, se você tem na sua horta cenouras, cebolas e beterrabas, pode abusar e encher o entorno dos canteiros com tagetes. Aliás, qualquer horta deveria ter esta plantinha de flores laranjas, pois, além de repelente, as pétalas de suas flores são comestíveis.

Benefícios de usar repelentes naturais na sua casa e jardim


Todo verão é igual: com a chegada do calor, da umidade e das chuvas, aumenta a quantidade de insetos, inclusive de alguns que são vetores de doenças como dengue, chikungunya e zika. Antes de pegar o frasco de spray aerosol ou borrifador e sair pulverizando sua casa e enchendo sua varanda ou jardim com produtos químicos e tóxicos, lembre-se: inseticidas industrializados são venenosos e costumam matar não só as pragas, mas eliminam também insetos amigos – borboletas, abelhas (inclusive as nativas como jataís), mamangavas, joaninhas, aranhas, louva-a-deus, minhocas e outros invertebrados importante. Esses pequenos seres transformam matéria orgânica em adubo, arejam o solo e polinizam as flores. Prefira usar, sempre que possível, soluções naturais e orgânicas. Seu jardim, horta ou pomar agradece, assim como toda a vida que existe nele.