página inicial / guia de plantas / árvores
pata-de-vaca
  • Nome popular pata-de-vaca
  • Outros nomes mororó, bauínia, unha-de-vaca, pé-de-boi, pata-de-vaca-rosa, pata-de-vaca-branca
  • Categoria árvores
  • Ordem Fabales
  • Família Fabaceae
  • Subfamília
  • Tribo
  • Subtribo
  • Gênero Bauhinia
  • Espécie Bauhinia variegata
  • Origem Índia
  • Tamanho de 7 a 10 m
  • Propagação por muda e por semente
  • Iluminação
    sol pleno
  • Rega pouca água
  • Plantio
    o ano todo
  • Perfumada não
  • Floração
    inverno
    primavera
  • Frutos não comestíveis
O nome popular pode parecer estranho, mas basta olhar a folhagem dessa árvore para entender de onde ele veio: de formato arredondado, com a ponta dividida no meio, a folha lembra mesmo a pegada de uma vaca. Nativa da Índia, a pata-de-vaca é encontrada em quase todo o Brasil, mas se adaptou melhor na região da Mata Atlântica. Faz muito sucesso na arborização de vias públicas por suas flores grandes e exóticas, distintas de sua irmã, árvore-orquídea, apenas na cor, aqui branca, lá pink.

A pata-de-vaca dá flores entre agosto e outubro


Apesar de não existirem pesquisas comprovando seu benefício à saúde, as folhas da pata-de-vaca são usadas popularmente no controle de diabetes, consumidas na forma de chá. Brancas ou ligeiramente rosadas, as flores surgem do fim do inverno ao começo da primavera e atraem pequenas abelhas. Na variedade Bauhinia blakeana "Candida", as flores possuem frisos verde-limão no meio das pétalas. Como acontece a maioria das outras 250 espécies desse gênero, a florada surge quando a árvore está praticamente sem folhas e as vagens de sementes, formadas após a polinização, ficam vários meses presas nos ramos.

A pata-de-vaca deve ser cultivada em ambiente externo que receba sol o dia todo, em solo rico em matéria orgânica e mantido ligeiramente úmido. Não aceita bem clima frio nem correntes de vento e pode perder muitos botões após uma mudança brusca de temperatura, especialmente durante a noite. Não necessita de podas regulares, apenas retire os ramos fracos, doentes ou mal formados.

Como cuidar das mudas e plantar as sementes da pata-de-vaca


Sua multiplicação costuma ser feita por sementes, na primavera, quando as vagens racham sozinhas no pé. Plante em terra fértil, numa sementeira que precisa ser mantida em local arejado nas primeiras semanas ou até que os brotos tenham pelo menos três pares de folhas. No Brasil, perde parte das folhas no inverno, por isso, evite plantar a pata-de-vaca perto de uma fonte ou piscina.