Tu te tornas responsável por aquilo que cultivas.
página inicial / guia de plantas / hortaliças
manjericão
  • Nome popularmanjericão
  • Outros nomesquioiô, alfavaca, basilicão, erva-real, manjericão-verde, manjericão-comum, alfavaca-cheirosa, basílicum-grande, alfavaca-do-mato, remédio-de-vaqueiro
  • Categoriahortaliças
  • OrdemLamiales
  • FamíliaLamiaceae
  • Subfamília
  • Tribo
  • Subtribo
  • GêneroOcimum
  • EspécieOcimum basilicum
  • OrigemÁsia
  • Tamanhode 60 cm a 1 m
  • Propagaçãopor estaca, por muda e por semente
  • Iluminação
    meia sombra
    sol pleno
  • Regamédia água
  • Plantio
    o ano todo
  • Perfumadasim
  • Floração
    verão
  • Frutosnão comestíveis
Da próxima vez que comer um pesto de manjericão ou se deleitar com uma pizza marguerita, agradeça duplamente aos italianos — foram eles que trouxeram para o Brasil as primeiras sementes de manjericão (e também as receitas de pizza, como se sabe). Usada na culinária asiática há séculos, essa folha perfumada ganhou o mundo por seu sabor inconfundível e sua facilidade de cultivo.

Também chamado de remédio-de-vaqueiro, o manjericão é muito empregado fora da cozinha: o chá de suas folhas combate gases, má digestão e problemas no fígado, além de melhorar a digestão de pratos pesados. Essa última característica, aliás, explica o motivo de ele entrar na composição de muitas receitas de molho ao sugo, emprestando seu aroma e quebrando a acidez do tomate.

Tanto o manjericão comum quanto as variedades de folhas grandes, crespas e roxas precisam ser cultivados em local que recebe ao menos quatro horas de sol por dia. Quem pretende plantá-lo em vaso deve escolher um modelo com no mínimo 30 cm de profundidade, já que essa espécie cresce muito mais do que as ervas que normalmente temos em hortas domésticas. O solo ideal pode ser preparado com uma parte de terra e outra de composto orgânico.

Lembre-se de que o manjericão é uma planta de ciclo de vida curto, que não vive muito mais que um ano, portanto, quando sua muda terminar a floração, vai secar e morrer. Até que isso aconteça, basta regar o vaso ou canteiro a cada dois ou três dias e se manter atento ao ataque de insetos, especialmente de lesmas, lagartas e pulgões. Por ser planta comestível, faça a prevenção de pragas borrifando óleo de Neem diluído em água (siga as instruções do fabricante).

Se quiser aproveitar ao máximo o sabor das folhas, faça como os grandes cozinheiros e não permita que o manjericão floresça: destaque as hastes florais tão logo elas surjam. Isso obriga a planta a mandar os nutrientes apenas para as folhas, tornando-as maiores e mais perfumadas. Já se a intenção é produzir sementes, espere que as pequenas flores brancas ou rosadas sequem no pé, colha as hastes e bata as flores num papel claro, para facilitar a visualização dos grãozinhos. As sementes podem ser armazenadas em local escuro e seco por até seis meses.