página inicial / guia de plantas / trepadeiras
falsa-vinha
  • Nome popularfalsa-vinha
  • Outros nomeshera japonesa, partenocisso, vinha-virgem
  • Categoriatrepadeiras
  • OrdemVitales
  • FamíliaVitaceae
  • Subfamília
  • Tribo
  • Subtribo
  • GêneroParthenocissus
  • EspécieParthenocissus tricuspidata
  • OrigemChina e Japão
  • Tamanhoaté 20 m
  • Propagaçãopor estaca
  • Iluminação
    sol pleno
  • Regamédia água
  • Plantio
    inverno
  • Perfumadanão
  • Floração
    verão
  • Frutosnão comestíveis
A falsa-vinha é uma planta que não gosta de ficar igual o ano todo. De um verde intenso na primavera e no verão, no outono suas folhas ficam avermelhadas e, no inverno, caem. É que essa bela folhagem é caduca, perde parte das folhas quando o frio chega — mas produz brotos de um verde claro tão logo o tempo esquente outra vez.

Parthenocissus deriva de duas palavras em latim, parthenos, que significa "virgem", e kissos, em referência ao hábito trepador das dez espécies que compõem esse gênero. No Brasil, um de seus nomes populares se deve ao formato de suas folhas, que lembram versões em miniatura da videira.

Trepadeira de fácil cultivo, a falsa-vinha cobre muros e paredes


Trata-se de uma trepadeira que praticamente não dá trabalho, uma vez que possui estruturas próprias para escalar muros e paredes, umas "garras" chamadas pelos botânicos de gavinhas. Vistos de perto, esses ganchos lembram as patas das lagartixas – e têm exatamente a mesma função de ventosas auto aderentes, capazes de se agarrar a qualquer tipo de estrutura, mesmo as mais lisas e escorregadias. Assim sendo, você só precisará conduzir os galhinhos novos por uma treliça ou um suporte e, depois, deixar que a falsa-vinha siga seu rumo por conta própria.

Boa opção para muros, cercas vivas e paredes sem reboco, essa espécie cresce rápido e, se deixar, passa dos 10 m com facilidade. Suas pequenas flores aparecem no verão — os frutos devem ser mantidos longe das crianças porque, se ingeridos, podem causar problemas estomacais.

A falsa-vinha suporta bem o clima brasileiro


A falsa-vinha prefere climas amenos e pode ser cultivada a sol pleno. Regue-a uma vez por semana e plante-a em solo mais argiloso, preparado na proporção de uma parte de areia, duas de terra e duas de composto orgânico. Essa espécie suporta muito bem o inverno brando brasileiro, o que a torna uma ótima opção para cidades de clima serrano ou montanhoso.