página inicial / guia de plantas / trepadeiras
clerodendro-vermelho
  • Nome popular clerodendro-vermelho
  • Outros nomes clerodendro, clerodendro-trepador
  • Categoria trepadeiras
  • Ordem Lamiales
  • Família Lamiaceae
  • Subfamília
  • Tribo
  • Subtribo
  • Gênero Clerodendron
  • Espécie Clerodendron splendens
  • Origem África do Sul
  • Tamanho até 3 m
  • Propagação por estaca
  • Iluminação
    meia sombra
    sol pleno
  • Rega média água
  • Plantio
    primavera
    verão
  • Perfumada não
  • Floração
    inverno
    outono
  • Frutos não comestíveis
Com flores muito duráveis e de coloração viva, o clerodendro-vermelho é uma trepadeira que não passa despercebida num muro. No inverno, quando a maioria das flores está adormecida no Brasil, ele se derrama parede abaixo, os ramos salpicados de pontinhos vermelhos muito apreciados por beija-flores.

Clerodendro-vermelho é uma ótima trepadeira para muros e paredes


Um dos mais belos representantes de um gênero com 400 espécies espalhadas por todas as regiões tropicais do mundo, o clerodendro-vermelho tem flores de tonalidade mais intensa do que a de seus irmãos. Rústico, dispensa adubações constantes e consegue se desenvolver até mesmo em solo pobre em nutrientes. Gosta de clima quente, mas deve ser mantido em local fresco durante os dias mais abafados do verão. Tolera um inverno brando, desde que não inclua geada nem ventos cortantes, que podem causar sérios danos à planta. Como seus galhos mais antigos vão ficando lenhosos e pouco flexíveis, procure conduzi-los ainda jovens por um muro ou parede usando arames, suportes ou barbanteevite podá-lo em excesso, o que pode causar a morte.

Como plantar e obter mudas do clerodendro-vermelho


Em vaso ou plantado diretamente no chão, o clerodendro-vermelho precisa receber sol na maior parte do dia. O solo deve ser preparado com uma parte de terra, uma de areia e duas de composto orgânico – regue a cada dois dias ou sempre que notar a superfície da terra seca.

Adicione 50 gramas de calcário por cova uma vez a cada seis meses para que a planta tenha um crescimento mais vigoroso. Para tirar mudas, basta cortar a ponta de um ramo e deixá-la enraizando por duas semanas em uma mistura de terra e húmus de minhoca em partes iguais. É bom deixar uma muda pronta para o olho-gordo de quem passar na frente da sua casa...