página inicial / guia de plantas / arbustos
borboleteira
  • Nome popular borboleteira
  • Outros nomes borboleta-azul, clerodendro-africano, clerodendro-azul, Clerodendrum ugandense
  • Categoria arbustos
  • Ordem Lamiales
  • Família Lamiaceae
  • Subfamília
  • Tribo
  • Subtribo
  • Gênero Rotheca
  • Espécie Rotheca myricoides
  • Origem Uganda e Quênia
  • Tamanho até 2 m
  • Propagação por semente
  • Iluminação
    meia sombra
    sol pleno
  • Rega média água
  • Plantio
    o ano todo
  • Perfumada sim
  • Floração
    o ano todo
  • Frutos não comestíveis
Até pouco tempo atrás, este arbusto fazia parte do gênero Clerodendrum, constituído por trepadeiras de floração exuberante, boas opções para quem deseja cobrir um muro ou uma pérgola. No entanto, ao contrário das antigas irmãs, a borboleteira é um arbusto que, se receber poda adequada, transforma-se em uma arvorezinha de 2 metros de altura – e em nada vai lembrar seus irmãos coração-sangrento, clerodendro-vermelho ou lágrima-de-cristo. Talvez esse tenha sido um dos motivos para que a espécie saísse do gênero Clerodendrum e fosse alocada no novo gênero, Rotheca.

As flores e a origem do nome da borboleteira


Esse gracioso arbusto passa quase o ano inteiro carregado de flores que pouco lembram as do clerodendro-vermelho ou da lágrima-de-cristo: são azuis, pequenas e de pétalas arredondadas, com "cabinhos" que lembram antenas de borboletas, de onde vem seu nome popular. Apesar de se chamar borboleteira, esse arbusto atrai mesmo é abelhas, especialmente a mamangava, aquele inseto grande e barulhento que parece um besouro, mas é uma abelha, acredite, inofensiva.

Como plantar e podar a borboleteira para ter flores o ano inteiro


A borboleteira vai bem em vaso, mas não em ambiente interno, uma vez que precisa de sol e ventilação para produzir uma florada mais bonita. Plante a muda em um vaso grande, com uma mistura de terra e composto orgânico em partes iguais.

A cada seis meses, acrescente húmus de minhoca ou esterco bem curtido para que o arbusto cresça mais saudável. Cubra a terra com dois dedos de pedriscos, casca de pínus ou qualquer outra substância morta que possa reter a umidade – isso também evita que ervas daninhas nasçam no vaso, competindo por nutrientes.

Quando reparar que a florada está minguando, dê uma podada nos galhos secos ou mal formados e adube com NPK 10-10-10, borrifando os dois lados das folhas, de preferência no final da tarde. Aí, se prepare para muitas borboletinhas – e mais mamangavas...

Clique para saber mais sobre borboleteira nas seguintes seções do site:
Dúvidas frequentes sobre borboleteira
Vídeos sobre borboleteira
Galerias de imagens com borboleteira
Posts no blog sobre borboleteira
Áudios sobre borboleteira
Eventos sobre borboleteira
Culinária com borboleteira