página inicial / culinária / massas
© Juliana Valentini/De Verde Casa

Fusili tricolor ao pesto

Juliana Valentini,
do site De Verde Casa
Dia de macarrão ao pesto é aquele em que você bate o olho no manjericão e diz "caramba, como cresceu!". E antes que ele comece a ficar meio tombado por não aguentar o próprio peso, mande ver numa poda radical.
Com uma tesoura ou faquinha afiada, corte um bom tanto da parte mais alta da planta, tomando o cuidado de deixar pelo menos um palmo de cada galho com folhas, para que logo venham novos brotos. De posse de um lindo buquê perfumado, é hora de preparar o almoço.

Antes de mais nada devo dizer que nesse momento uma receita faz toda a diferença. Sempre fiz pesto no olho, começando com todas as folhas de manjerição e batendo aos poucos, cada vez colocando um pouco mais de azeite até chegar à consistência certa. Nunca errei, mas confesso que passava um pouco de raiva a cada vez que apertava o botão ligar e as folhas eram arremessadas para cima colando nas paredes do copo do liquidificador. Aí toca abrir a coisa, empurrar o manjericão para baixo com uma colher e... voava tudo pra cima outra vez. Uma, duas, três..., seis... oito vezes, até ficar pronto.

Ontem, minutos depois de dizer ao meu manjericão "caramba, como você cresceu!", abri o Technicolor Kitchen (blog imperdível pra quem gosta de cinema e comida boa) e me deparei com uma receita de pesto. Sim, eu acredito em sinais. E então, com uma referência de proporções que sempre tive preguiça de pesquisar, pude começar ao contrário: primeiro o azeite, no fundo do copo, e depois as folhas de manjericão aos poucos. Assim, vai-se formando um creminho que não voa e, em 3 minutos, seu molho pesto está pronto, bem verdinho e perfumado.

Algumas observações:
- Se comprar um maço de manjericão no mercado, escolha os de folha maior, que facilitam muito sua vida na hora de lavar.
- Depois de lavadas, as folhas devem ficar um tempo escorrendo para perder o excesso de água. Se tiver tempo e paciência, passe-as por folhas de papel toalha para secar um pouco mais.
- Aqui, como sou eu quem cuida do manjericão e anda chovendo sem parar, usei tudo sem lavar, com uma boa inspeção em busca de bichos. Do mesmo jeito que chupamos fruta no pé, comemos manjericão direto do vaso.

Ingredientes

- 3/4 de xíc. (chá) de azeite de oliva extra virgem
- 1 e 1/2 xíc. (chá) de folhas de manjericão (aperte-as um pouco dentro da xícara para ficar bem medido)
- 3 dentes de alho
- 2 col. (sopa) de nozes picadas
- 4 col. (sopa) de parmesão ralado na hora
- sal e pimenta do reino à gosto
- 400 gr de fusili verde
Preparo: 40 minutos
Rendimento: 2 porções
Dificuldade: fácil

Modo de Preparo

1. Coloque o azeite no liquidificador e vá acrescentando o manjericão aos poucos.
2. Adicione os dentes de alho, as nozes, o sal e a pimenta, batendo mais um pouco até fazer uma pasta.
3. Então passe o pesto para uma tigela e misture o queijo parmesão.
4. Ferva o macarrão, escorra bem e misture o pesto na hora de servir. Um pouco mais de queijo por cima da massa já servida no prato faz toda a diferença – no visual e no sabor.