página inicial / blogs / Carol Costa

Mangueira se mata de desgosto de viver em vaso

© Carol Costa/Minhas Plantas
Sou a favor da eutanásia em plantas terminais. É difícil aceitar que a sua begônia preferida precisa ser sacrificada ou que as orquídeas realmente não querem mais viver ao seu lado. Passar pelas quatro fases do luto é o mais duro. Minha mangueira já tinha dado sinais de que não tinha mais apego a esse mundo. Primeiro, se trancou no banheiro e ligou o gás. Cheguei em casa a tempo de encontrá-la desfalecida, ainda no vaso – o sanitário. Levei-a de volta para a sala me negando a acreditar que uma árvore tão pequena como ela fosse capaz de atentar contra a própria vida.

Ela era uma planta determinada. Semanas depois, cortou os pulsos. Minha casa se encheu de folhas secas, uma cena realmente degradante. Fiquei com raiva. Como ela podia ser tão ingrata?

Três anos atrás, quando nos encontramos num orfanato, ela tinha 50 cm e três folhas mirradinhas. Tinha sido desacreditada pelos jardineiros. “Esta é uma mangueira perdida”, eles me disseram. Não quis ouvir. Levei-a para casa, dei adubo do bom e do melhor, comprei as terras mais caras e fertilizantes importados. Planejei seu futuro: ela seria uma árvore frondosa que, depois de tantos anos de dedicação intensa, alimentaria minha velhice com frutos carnudos e cheirosos. Nossos netos brincariam sob sua imensa copa. Seriam anos gloriosos.

Foi nessa época que começamos a nos desentender. Eu queria que ela fizesse Arquitetura, mas ela teimou em ir para o Jornalismo. Brigamos, fiquei um ano sem falar com ela. E agora, que estávamos indo às mil maravilhas, a mocinha me vem com esse dramalhão. Fiz que não era comigo quando ela ameaçou se jogar da janela. Ela não me pegaria com uma chantagem barata daquelas. E não pegou mesmo, mas fez pior: secou. Eu sabia que ela não estava feliz com sua forma, que se achava gorda e tudo. Só nunca imaginei que plantas fossem capazes de fazer greve de água.
© Carol Costa/Minhas Plantas

Jardim para bruxas reais e fadas inventadas

Pelo olhar da infância, mesmo o menor dos canteiros esconde mistérios e seres mágicos, como grilos, joaninhas e mariposas Por Carol Costa Lembro do tanque de pedra, do cheiro de local úmido e sombreado, do limo escorregadio e do musgo fofo e macio. Lembro da água parada, um espelho perfeito ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Um quintal para uma jardineira de apartamento

Da jardineira de apartamento que ganhou um quintal As descobertas e os aprendizados de morar por alguns meses numa casa em Holambra (SP) para construir um jardim com as próprias mãos Por Carol Costa Abri a tampa do tambor, de onde vinha um cheiro penetrante de comida estragada: embaixo de ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Livro de Carol Costa é um manual para jardineiros

Nossa jardineira Carol Costa quer saber dos leitores como está o seu livro "Minhas Plantas - Jardinagem Para Todos (Até Quem Mata Cactos)". Já se passou um ano desde o lançamento e o livro tornou-se um querido manual para jardineiros de todo o Brasil. A piracicabana ainda brincou e desafiou seus ... (+)
Leia mais
© Alexandre Pavan/Minhas Plantas

Corretor Ortográfico Ou Hortográfico?

Plantando dementes em ladeira íngrid É tanta mensagem doida e enigmática que chega por aqui que está na hora de inventarem um Corretor Hortográfico, para ajudar a gente a tirar dúvidas de jardinagem Por Carol Costa Anote a dica aí: jogue "dementes" num terreno "vadio" que ainda tenha a terra ... (+)
Leia mais
© Bruno Geraldi

Aprenda a linguagem das plantas

Plantês para iniciantes Treine sua sensibilidade com este exercício simples, feito um minuto por dia, e veja como falar a língua das plantas ficará super fácil Por Carol Costa As pupilas estavam tão dilatadas que mal se via o amarelo nos olhos da gata. O rabo balançava freneticamente enquanto ela ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Insetos benéficos para seu jardim

Seres crocantes embaixo dos seus pés Se permita um novo olhar para besouros, aranhas, baratinhas e outras criaturas cheias de perninhas que trabalham pesado para seu jardim viver cheio de borboletas Por Carol Costa "Manhê!!! Tem um BICHO aquiiiii!" Dona Bia invadia o banheiro, abria o box com superpoderes de ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A mensagem das pragas

A mensagem das pragas O que pulgões, formigas e cochonilhas podem dizer sobre a maneira como lidamos com nossa alimentação e o cuidado com as plantas Por Carol Costa Como exterminar lagartas? É possível erradicar pulgões? Tem alguma receita caseira matadora para cochonilhas? Toda semana me deparo com esses apelos ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Porque algumas plantas não se desenvolvem na sua casa

Quando a insistência enraiza no quintal Se você já tentou dezenas de vezes ter uma planta e ela sempre morre, um novo olhar para a natureza talvez seja a salvação Por Carol Costa "É a quinta vez que tento ter _________ em casa." Complete o espaço em branco com a ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Plantas com flores pequenas e exóticas

Uma planta conversando com Deus Conheça algumas flores discretas, minúsculas ou exóticas que parecem não ter pegado a mesma senha que roseiras e jasmineiros. Por Carol Costa É aqui a fila da flor? – É sim, meu filho. No que posso ajudar? – Olha, eu tô muito precisado da sua ajuda. Tem ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Um jardim pronto ou plantado por você?

Um jardim para já O passo a passo secreto para fazer um projeto paisagístico de sonhos em apenas... uma vida! Por Carol Costa "De que sabor é esse doce que você está comendo, Laurinha?" A pequena olha a embalagem como se soubesse ler, pensa um pouco e diz "sabor de ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Como ensinar jardinagem para crianças

Os feijões mágicos Eles não cresceram até revelar um lugar com a galinha dos ovos de ouro, mas trouxeram tesouros muito maiores para as crianças que aprenderam na escola a cultivar uma sementinha. Por Carol Costa "O meu ganhou! O meu ganhou!" Minha irmã entrou no quarto aos pulos, trazendo ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Brincar na terra e com plantas é bom para crianças e adultos

Tesouros escondidos lá fora Procurar bichinhos, subir em árvores, comer trevinhos e fazer bolo de barro são algumas aventuras que esperam você e seus filhos bem longe do computador. Por Carol Costa A receita era de família: um maço de trevos bem picados, água o quanto baste, dois punhados de ... (+)
Leia mais
mostrar mais