página inicial / blogs / Carol Costa

Como ter plantas e bichos de estimação

© Alexandre Pavan/Minhas Plantas

Como manter plantas e bichos de estimação em harmonia


Será que existe algum jeito definitivo de ter um jardim bonito em casa sem abrir mão da companhia de cães e gatos?

Por Carol Costa

Cheguei na casa da minha irmã de surpresa, doida pra ver minha sobrinha. Havia espuma pra todo lado, como se tivessem dado uma animada festa do pijama. Ela me recebeu sonolenta e foi me conduzindo casa a dentro, tropeçando em brinquedos espalhados pelo chão: bonecas comidas, bloquinhos de montar comidos, um frango de borracha sem cabeça. "Ah, isso é coisa da dona Ju", esbravejou. Ao ouvir seu nome, Juliana surgiu toda animada, trazendo a cabeça do galináceo, que largou antes de se jogar no meu colo. "E ainda acha bonito. Esta semana ela comeu o sifão do tanque, Cá. Outra vez. É o terceiro sifão que eu compro em seis meses..."
Juliana é uma mestiça de boxer com vira-lata. Tem três anos, todos eles dedicados a esgotar a paciência da minha irmã. Sua dieta alimentar é bem balanceada e inclui suculentos chinelos, crocantes pés de cadeira e uma vasta gama de aperitivos, de braços de bonecas a fiação, encanamento, roupas no varal e todo tipo de planta que se tentar cultivar. Ração, que é bom, ela deixa pros pardais.
Quem tem plantas e bichos de estimação sabe da dureza que é conciliar essas duas paixões. De um lado, a gente toma o maior cuidado pra não colocar dentro de casa nada que possa fazer mal pra cães e gatos, mas, de outro, eu quase desejo que fiquem com uma bela dor de barriga pra ver se aprendem a parar de fuçar nas plantas. (Ok, só desejo isso da boca pra fora, ao primeiro sinal de vômito, meu coração se aperta no peito, eu sei bem).

Gatos, cachorros e plantas


Hoje, moro com três gatos, mas já vivi numa casa com 34 felinos e quatro cachorros. Minha avó tinha enormes alamandas no quintal, uma trepadeira considerada tóxica, e bicho nenhum ousava chegar perto delas. Parece que têm um sensor, né? Mas era sobrar um pedacinho de terra capinado, preparado pra receber uma horta, que todos os gatos dos vizinhos o transformavam em banheiro e, em poucos dias, eu tinha uma avó muito zangada e a gataiada jurada de morte.
Quando vim morar em São Paulo, logo arranjei pets. Enquanto cachorros são bichos horizontais, que só detonam o que está ao alcance deles, os gatos escalam cortinas, pulam em cima da geladeira, são capazes de subir no lustre se aparecer uma mosquinha. Gatos são, definitivamente, bichos verticais: contra eles, não basta colocar as plantas em estantes, é preciso garantir que eles não subam nas prateleiras.

Como manter os animais longe do jardim


Fiz de tudo pra manter os bichos longe do jardim. Pra minha irmã, sugeri cactos bem espinhentos, que foram uma ótima maneira de dona Juliana palitar os dentes — nem a cadeira-de-sogra sobreviveu à fúria canina. No meu apartamento, comprei erva-de-gato na esperança que Oto, Lua e Ronaldo pudessem detonar um vaso e poupar os outros. Eles amaram, mas não abriram mão das outras plantas, não. No auge da minha irritação, fiz uma barricada de palitos de churrasco no cachepô da árvore-da-felicidade, tentando impedir que eles urinassem na terra. Como tantas soluções, funcionou até que eles descobrissem um jeito de arrancar os palitos.

Toda vez que algum leitor me pergunta como manter os bichos longe das plantas, minha vontade é responder: "Olha, se você descobrir um jeito, me conta, pelamor!". Porque eu até agora não achei nenhuma solução perfeita.
Ok, cheiros fortes incomodam a bicharada. Hortelã, manjericão, capim-limão e tantas outras espécies perfumadas parecem ser um incômodo pra quem tem o olfato muito mais sensível do que o humano.

Aqui em casa, testei com sucesso uma vermiculita tratada pra esse fim, com um cheiro que lembra acetona, desagradável o bastante pra eu notar claramente meus gatos dando meia volta ao passar pelo vaso. Esse tipo de produto funciona só por umas semanas: como o cheiro é volátil, depois de um tempo a essência evapora e, se o bicho não tiver se condicionado a não voltar ali, logo voltará a ter o comportamento de uma retroescavadeira.

Daí que você chegou até aqui, querido leitor, e deve estar decepcionado. "Puxa, achei que a Carol tinha uma solução..." Não tenho. Aqui pratico a jardinagem-verdade, preciso manter o pacto de sinceridade que sempre tive com você. Na real, o único jeito que encontrei de ter plantas e gatos é mantê-los em ambientes separados: os gatos dentro de casa, as plantas, na varanda. Espero de coração que você possa compartilhar o que deu certo aí na sua casa. Quem sabe assim a gente consegue conciliar nossas paixões, não é mesmo?

Publicado na Revista Natureza – 349
postado em 24/07/2018 - Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Jardim para bruxas reais e fadas inventadas

Pelo olhar da infância, mesmo o menor dos canteiros esconde mistérios e seres mágicos, como grilos, joaninhas e mariposas Por Carol Costa Lembro do tanque de pedra, do cheiro de local úmido e sombreado, do limo escorregadio e do musgo fofo e macio. Lembro da água parada, um espelho perfeito ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Um quintal para uma jardineira de apartamento

Da jardineira de apartamento que ganhou um quintal As descobertas e os aprendizados de morar por alguns meses numa casa em Holambra (SP) para construir um jardim com as próprias mãos Por Carol Costa Abri a tampa do tambor, de onde vinha um cheiro penetrante de comida estragada: embaixo de ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Livro de Carol Costa é um manual para jardineiros

Nossa jardineira Carol Costa quer saber dos leitores como está o seu livro "Minhas Plantas - Jardinagem Para Todos (Até Quem Mata Cactos)". Já se passou um ano desde o lançamento e o livro tornou-se um querido manual para jardineiros de todo o Brasil. A piracicabana ainda brincou e desafiou seus ... (+)
Leia mais
© Alexandre Pavan/Minhas Plantas

Corretor Ortográfico Ou Hortográfico?

Plantando dementes em ladeira íngrid É tanta mensagem doida e enigmática que chega por aqui que está na hora de inventarem um Corretor Hortográfico, para ajudar a gente a tirar dúvidas de jardinagem Por Carol Costa Anote a dica aí: jogue "dementes" num terreno "vadio" que ainda tenha a terra ... (+)
Leia mais
© Bruno Geraldi

Aprenda a linguagem das plantas

Plantês para iniciantes Treine sua sensibilidade com este exercício simples, feito um minuto por dia, e veja como falar a língua das plantas ficará super fácil Por Carol Costa As pupilas estavam tão dilatadas que mal se via o amarelo nos olhos da gata. O rabo balançava freneticamente enquanto ela ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Insetos benéficos para seu jardim

Seres crocantes embaixo dos seus pés Se permita um novo olhar para besouros, aranhas, baratinhas e outras criaturas cheias de perninhas que trabalham pesado para seu jardim viver cheio de borboletas Por Carol Costa "Manhê!!! Tem um BICHO aquiiiii!" Dona Bia invadia o banheiro, abria o box com superpoderes de ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A mensagem das pragas

A mensagem das pragas O que pulgões, formigas e cochonilhas podem dizer sobre a maneira como lidamos com nossa alimentação e o cuidado com as plantas Por Carol Costa Como exterminar lagartas? É possível erradicar pulgões? Tem alguma receita caseira matadora para cochonilhas? Toda semana me deparo com esses apelos ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Porque algumas plantas não se desenvolvem na sua casa

Quando a insistência enraiza no quintal Se você já tentou dezenas de vezes ter uma planta e ela sempre morre, um novo olhar para a natureza talvez seja a salvação Por Carol Costa "É a quinta vez que tento ter _________ em casa." Complete o espaço em branco com a ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Plantas com flores pequenas e exóticas

Uma planta conversando com Deus Conheça algumas flores discretas, minúsculas ou exóticas que parecem não ter pegado a mesma senha que roseiras e jasmineiros. Por Carol Costa É aqui a fila da flor? – É sim, meu filho. No que posso ajudar? – Olha, eu tô muito precisado da sua ajuda. Tem ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Um jardim pronto ou plantado por você?

Um jardim para já O passo a passo secreto para fazer um projeto paisagístico de sonhos em apenas... uma vida! Por Carol Costa "De que sabor é esse doce que você está comendo, Laurinha?" A pequena olha a embalagem como se soubesse ler, pensa um pouco e diz "sabor de ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Como ensinar jardinagem para crianças

Os feijões mágicos Eles não cresceram até revelar um lugar com a galinha dos ovos de ouro, mas trouxeram tesouros muito maiores para as crianças que aprenderam na escola a cultivar uma sementinha. Por Carol Costa "O meu ganhou! O meu ganhou!" Minha irmã entrou no quarto aos pulos, trazendo ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Brincar na terra e com plantas é bom para crianças e adultos

Tesouros escondidos lá fora Procurar bichinhos, subir em árvores, comer trevinhos e fazer bolo de barro são algumas aventuras que esperam você e seus filhos bem longe do computador. Por Carol Costa A receita era de família: um maço de trevos bem picados, água o quanto baste, dois punhados de ... (+)
Leia mais
mostrar mais