página inicial / blogs / Edvin Markstein Zimmermann

50 Dias de Verde - a terceira semana

© Carol Costa/Minhas Plantas
Este é o resumo da terceira semana da série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora e seus amigos verdinhos transformam o quintal de uma casa em Holambra num jardim de sonhos. Criada pela STIHL Ferramentas em parceria com o Jardim das Ideias, a série 50 Dias de Verde começou no dia 23 de Abril e durante 50 dias terá um episódio novo. Aos domingos, Carol Costa faz uma Live no Facebook e no YouTube. Se ainda não conhece, aproveite para se inscrever no canal e receber o aviso de novos vídeos, e se quiser ver os episódios anteriores, é só clicar aqui. Carol Costa conta no Instagram do Minhas Plantas como foi a terceira semana.

Dia 15


Ontem foi dia de dividir com ela a Live do Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, a série verdinha criada pela @stihloficial em parceria com o @jardimdasideiasstihl. Durante toda a temporada que estamos em Holambra, os domingos são de Live ao vivo, sempre às 18h, no Face da STIHL, pra papearmos sobre o que rolou no quintal da Eveline e contar coisas que você não viu no YouTube. Flávia Nunes @flavianunes_paisagista tem ido e vindo do Rio de Janeiro para acomodar as filmagens da série com as aulas que dá no Jardim Botânico do Rio. Essa pessoinha, que era pra ser advogada, mas atendeu ao chamado das plantas, acabou se tornando uma entusiasta do paisagismo tropical, uma defensora das espécies nativas do Brasil e uma colega de casa divertida e talentosa. Conto um pouco sobre os perrengues que passamos aqui na Live que foi ao ar ontem, mas que está disponível pra quem perdeu lá no YT do Jardim das Ideias. Teve poda, frutífera, bicho de estimação, ferramentas e muito mais! Aproveita e marca alerta no celular que às 18h do próximo domingo a Live vai ser pra compartilhar ideias de jardinagem inclusive com as mães, nossas grandes estimuladoras de contato com plantinhas. Obrigada também a @redecobasi, @bradigital, @leroymerlinbrasil, @veilingholambra, @spagnholplantas e Prefeitura de Holambra, por nos ajudarem a levar mais e mais verde por esse Brasilzão!

Dia 16


As coisas estão acontecendo tão depressa por aqui que estou perdendo a conta dos dias. Ontem, enquanto a gente fazia supermercado e conversava sobre frutíferas brasileiras, Tango tinha um dia de cão em casa. Trabalha duro esse pintadinho, viu? Já sacomo evitar que seu cachorro destrua o jardim? 1. Deixe que ele transite entre as plantas enquanto você trabalha num canteiro, para que ele se acostume com os cheiros. 2. Entretenha o bicho com ração de boa qualidade (ele amou a que a @redecobasi mandou!) e com muito amor e atenção. 3. Canse seu cão. É sério. Passeie bastante com ele para gastar energia, especialmente se for uma raça grande como a do Tango. No quintal do Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, a série criada pela @stihloficial em parceria com o @jardimdasideiasstihl, nenhum pet detonou as plantas. Bom, pelo menos até agora. Os novos episódios dessa novelinha verde já estão no ar com o apoio de @leroymerlinbrasil, @bradigital, @veilingholambra, Prefeitura de Holambra e @spagnholplantas. Estamos trabalhando pesado ora ficar um lindo jardim, então, fala baixo pra não acordar o Tango, tá?

Dia 17


Descobri que existe um efeito colateral bem importante de morar de verdade, mesmo que por algumas semanas, na casa em que está acontecendo o projeto Jardim das Ideias — 50 Dias de Verde. Você busca soluções para problemas reais — e não para aqueles que você imaginava existirem. Quer um exemplo? Eu jurava que teríamos problemas com bichos fazendo xixi no que foi construído ou plantado e, até agora, isso não aconteceu. No entanto, tem uma questão vida real para a qual eu não me planejei e que tivemos de incorporar na série: a casa ser um forno. Sobrado de madeira é uma das construções mais charmosas que existem, mas se tiver janelas voltadas pro norte e pouca ventilação, vira um forno dormir ali dentro. Daí que Flores Welle e Juliana Valentinj, meus amigos do @viveirooiti, propuseram construírmos uma cortina verde que, com plantas, ajudasse a barrar o sol, dissipar o calor e resfriar a parede. Bem três em um. Ou melhor, quatro em um, que ela faz tudo isso e ainda vai atrair beija-flores quando estiver toda florida. Com a ajuda da Flávia Nunes (@flavianunes_paisagista), escolhemos sapatinho-de-judia, trepadeira de crescimento rápido e florada exuberante, pra ser funcional e linda ao mesmo tempo. Repara só quantas mãos são necessárias pra resolver a questão do calor sem usar ar condicionado? Mãos e materiais: a rede de proteção e os ganchos vieram da @leroymerlinbrasil, as plantas são da @spagnholplantas, comercializadas no @veilingholambra, e temos ainda o apoio de @bradigital, Prefeitura de Holambra e @redecobasi. Pra ver o passo a passo da cortina verde, assista ao 17º dia da novelinha criada pela @stihloficial em parceria com o @jardimdasideiasstihl: tá lá no YouTube e já estão disponíveis todos os episódios anteriores, inclusive as Lives, que acontecem aos domingos.

Dia 18


Em todas as manhãs que antecedem as filmagens, faço o mesmo ritual ao acordar. Vou para a varanda do quarto de Eveline, onde estou temporariamente hospedada, e dou uma panorâmica por todo o quintal. Depois, desço e faço uma ronda, projeto por projeto, vendo como estão as plantas, se tem bichinho, se cresceram de um dia pro outro, como está a brotação, se apareceram flores ou frutinhos. Só depois disso meu dia realmente começa e eu vou tomar café e cuidar dos afazeres. Essa ronda diária cria intimidade com o jardim e ajuda a estabelecer um vínculo verdadeiro com as plantas. Você repara mais depressa na praga e reage antes de ter virado infestação. Nota rápido que determinada folha queimou no sol e já muda o vaso de lugar. E consegue reverter em poucos minutos um murchamento por falta de água naquele canto do jardim que ainda não se aclimatou direito. O vídeo de hoje tem o lindo telhado de sapé que o Pica-Pau fez pra gente, resgatando uma técnica antiga de bioconstrução. A telha leitosa no centro ajuda a manter o local mais claro e aproveita bem a iluminação zenital, que a gente explica detalhadinho no episódio do Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, a série crida pela @stihloficial e pelo @jardimdasideiasstihl, disponível no YouTube. De segunda a sábado tem um vídeo por dia e, aos domingos, às 18h, uma Live ao vivo no Facebook da STIHL Brasil. Vem acompanhar essa transformação linda de um quintal meio descuidado em um projeto paisagístico completo, com quiosque, horta, painel vertical, lago, composteira e muitas outras soluções orgânicas. Aqui fizemos com o apoio de @spagnholplantas, @leroymerlinbrasil, @redecobasi, @veilingholambra e Prefeitura de Holambra, além de outras marcas e parceiros especiais. Vem se inspirar nesses 50 dias, quem sabe você não se anima a fazer algum dos projetos aí na sua casa? PS: o vídeo tem um spoiler pra quem tem olhos de águia, será que você encontra qual é?

Dia 19


Tudo o que você vê cobrindo o solo que não é planta, é mulching. Essa expressão em inglês significa "cobertura vegetal" ou, como eu vivo dizendo, palhinhas amigas. Cobrir o solo tem muitas vantagens e é por isso que a natureza o faz constantemente, seja com folhas secas ou com plantas vivas. 1. Solo protegido nem esquenta muito no verãozão, nem esfria demais no inverno gelado. 2. Palhinhas protegem as plantas de muitas pragas e doenças ao servirem de comida para insetos e de abrigo pra predadores (aranhas, joaninhas, lagartixas e tantos outros). 3. A proteção com mulching evita a rápida perda de água, mantendo as raízes úmidas por mais tempo e evitando desperdício nas regas. 4. Como a palha também se decompõe, pouco a pouco ela própria vai servindo de adubo para o solo, melhorando a saúde do jardim. 5. Os cavacos de madeira e outras palhinhas reaproveitam insumos vegetais que iriam pro lixo, como aparas de grama, folhas secas, palha de arroz ou piaçava, serragem, semente de babaçú ou açaí, capulho de algodão, casca de café ou de cacau, casca de pínus. Repare que todas essas alternativas são sempre VEGETAIS, SECAS, DURAS e ABUNDANTES, num jardim suatentável não tem lógica trazer mulching de longe, importar de caminhão de cudades distantes. Quanto mais fácil de achar na sua cidade, mais barato e mais duro, melhor. Nem que sejam as aparas de grama do seu jardim. Na parceria entre @stihloficial e @jardimdasideiasstihl, a série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, eu e a Juliana Valentini (@deverdecasa) mostramos como usar mulching no quintal (serve também para vasos dentro de casa!). Vai lá ver quanta coisa do bem dá pra fazer com as sibras da poda da majestosa nogueira que está na casa e segue sendo bem cuidada. Obrigada, @spagnholplantas, @redecobasi, @leroymerlinbrasil, @bradigital, @veilingholambra e Prefeitura de Holambra, por apostarem nesse projeto tão querido!

Dia 20


Sempre achei que o tempo flui devagar quando se está no jardim. Não adianta ter ansiedade nem afobação, quem dita o ritmo são as plantas — e quanto antes a gente se dá conta disso, melhor, porque o ritmo da natureza nos faz um baita bem. Aos poucos, o Jardim das Ideias – 50 Dias de Verde vai se adaptando ao tempo das verdinhas. Parece que foi outro dia que plantamos esse Epidendrum aí da foto, uma das orquídeas brasileiras mais resistentes que existem, produzida pela @magna_flora. Como acontece com a maioria das plantas floridas, ela reclamou do transplante e perdeu algumas flores uns dias depois que a colocamos na árvore. O que a gente faz? Se descabela? Nãooooo, a gente observa. Espera. Deixa a natureza em sua enorme sabedoria se reorganizar e trazer novos botões tão logo a planta começa a enraizar. E o que dizer dessa tinta feita com barro que pouco a pouco vai aparecendo nas paredes da casa? A técnica da geotinta tá explicada lindamente pela Juliana Valentini, do @deverdecasa, lá no YouTube do @jardimdasideiasstihl, criador da série mais verdinha do Brasil, feita em parceria com a @stihloficial e produzida com o apoio de @bradigital, @leroymerlinbrasil, @redecobasi, @veilingholambra, @spagnholplantas e Prefeitura de Holambra. A geotinta fica linda, é atóxica, natural, ecológica e praticamente de graça, pode atingir muitos tons e cobre super bem a superfície mesmo com uma demão. Depois de bem seca, não sai fácil: usamos a lavadora de alta pressão pra limpar uns testes de cor que a Ju fez e em alguns tons foi impossível tirar a geotinta. Que dias mágicos estão sendo esses, de botões de Epidendrum abrindo e aprendizados com o barro...

Dia 21


Quando ouvi o professor Sergio Pimenta falar pela primeira vez do método PMB, não acreditei que dava pra fazer uma horta de um jeito tão... sem suor. Consultor do Sebrae e um dos mais queridos mestres da pós-graduação em Agricultura Biodinâmica do Instituto Elo (@curso.agricultura.biodinamica), Sergio batizou com as siglas de Palha, Muda alta e Biofertilizante (PMB) o jeito de plantar diretamente em fardos de feno. Esse método tem muitas vantagens: evita mexer no solo, pode ser aplicado até onde o chão está super duro e cheio de mato, evita ter de carpir em volta, deixa a horta numa altura boa pra fazer manutenção, facilita a substituição de mudas, dificulta que gatos e cachorros estraguem as plantas e oferece matéria orgânica o tempo todo pras espécies ali cultivadas. Fardos de feno não são exclusividade de quem mora no interior: a @redecobasi tem fardos pequenos (procure no setor de roedores), bons pra quem tem pouco espaço. O feno é muito leve, barato e fácil de manusear, oferecendo carbono constante pras plantas — justamente por isso, é preciso equilibrar a oferta de nitrogênio com adubo líquido periódico, daí ser tão importante usar o biofertilizante que ensinamos a fazer uns episódios atrás no Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde. Na nossa horta no feno, até cogumelos estão surgindo, ajudando a decompor a palha e a transformá-la em matéria orgânica pro tomate, pra tagetes e pra tanta lindeza que plantamos ali. Duas dicas: o método PMB precisa, obrigatoriamente, ser feito com mudas grandes, que se adaptam rápido à palha, e, mais importante que tudo, com plantas ANUAIS, cujo ciclo de vida é tão curto quanto a decomposição do feno. À medida que o fardo se decompõe, ele vai baixando, baixando, até não restar mais nada, então, a horta plantada nele também precisará ser comida em uns seis meses, pra você recomeçar o processo com um novo fardo, tudo do zero. Veja o passo a passo da horta de preguiçoso no YouTube do @jardimdasideiasstihl, criador dessa série em parceria com @stihloficial e com o apoio de @leroymerlinbrasil, @veilingholambra, @spagnholplantas, @bradigital, Prefeitura de Holambra e Cobasi, com ervas @flora.yamamura e tomates-cereja da Kager.
postado em 5/06/2018 - Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Jardim para bruxas reais e fadas inventadas

Pelo olhar da infância, mesmo o menor dos canteiros esconde mistérios e seres mágicos, como grilos, joaninhas e mariposas Por Carol Costa Lembro do tanque de pedra, do cheiro de local úmido e sombreado, do limo escorregadio e do musgo fofo e macio. Lembro da água parada, um espelho perfeito ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Um quintal para uma jardineira de apartamento

Da jardineira de apartamento que ganhou um quintal As descobertas e os aprendizados de morar por alguns meses numa casa em Holambra (SP) para construir um jardim com as próprias mãos Por Carol Costa Abri a tampa do tambor, de onde vinha um cheiro penetrante de comida estragada: embaixo de ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Livro de Carol Costa é um manual para jardineiros

Nossa jardineira Carol Costa quer saber dos leitores como está o seu livro "Minhas Plantas - Jardinagem Para Todos (Até Quem Mata Cactos)". Já se passou um ano desde o lançamento e o livro tornou-se um querido manual para jardineiros de todo o Brasil. A piracicabana ainda brincou e desafiou seus ... (+)
Leia mais
© Alexandre Pavan/Minhas Plantas

Corretor Ortográfico Ou Hortográfico?

Plantando dementes em ladeira íngrid É tanta mensagem doida e enigmática que chega por aqui que está na hora de inventarem um Corretor Hortográfico, para ajudar a gente a tirar dúvidas de jardinagem Por Carol Costa Anote a dica aí: jogue "dementes" num terreno "vadio" que ainda tenha a terra ... (+)
Leia mais
© Bruno Geraldi

Aprenda a linguagem das plantas

Plantês para iniciantes Treine sua sensibilidade com este exercício simples, feito um minuto por dia, e veja como falar a língua das plantas ficará super fácil Por Carol Costa As pupilas estavam tão dilatadas que mal se via o amarelo nos olhos da gata. O rabo balançava freneticamente enquanto ela ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Insetos benéficos para seu jardim

Seres crocantes embaixo dos seus pés Se permita um novo olhar para besouros, aranhas, baratinhas e outras criaturas cheias de perninhas que trabalham pesado para seu jardim viver cheio de borboletas Por Carol Costa "Manhê!!! Tem um BICHO aquiiiii!" Dona Bia invadia o banheiro, abria o box com superpoderes de ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

A mensagem das pragas

A mensagem das pragas O que pulgões, formigas e cochonilhas podem dizer sobre a maneira como lidamos com nossa alimentação e o cuidado com as plantas Por Carol Costa Como exterminar lagartas? É possível erradicar pulgões? Tem alguma receita caseira matadora para cochonilhas? Toda semana me deparo com esses apelos ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Porque algumas plantas não se desenvolvem na sua casa

Quando a insistência enraiza no quintal Se você já tentou dezenas de vezes ter uma planta e ela sempre morre, um novo olhar para a natureza talvez seja a salvação Por Carol Costa "É a quinta vez que tento ter _________ em casa." Complete o espaço em branco com a ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Plantas com flores pequenas e exóticas

Uma planta conversando com Deus Conheça algumas flores discretas, minúsculas ou exóticas que parecem não ter pegado a mesma senha que roseiras e jasmineiros. Por Carol Costa É aqui a fila da flor? – É sim, meu filho. No que posso ajudar? – Olha, eu tô muito precisado da sua ajuda. Tem ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Um jardim pronto ou plantado por você?

Um jardim para já O passo a passo secreto para fazer um projeto paisagístico de sonhos em apenas... uma vida! Por Carol Costa "De que sabor é esse doce que você está comendo, Laurinha?" A pequena olha a embalagem como se soubesse ler, pensa um pouco e diz "sabor de ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Como ensinar jardinagem para crianças

Os feijões mágicos Eles não cresceram até revelar um lugar com a galinha dos ovos de ouro, mas trouxeram tesouros muito maiores para as crianças que aprenderam na escola a cultivar uma sementinha. Por Carol Costa "O meu ganhou! O meu ganhou!" Minha irmã entrou no quarto aos pulos, trazendo ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Brincar na terra e com plantas é bom para crianças e adultos

Tesouros escondidos lá fora Procurar bichinhos, subir em árvores, comer trevinhos e fazer bolo de barro são algumas aventuras que esperam você e seus filhos bem longe do computador. Por Carol Costa A receita era de família: um maço de trevos bem picados, água o quanto baste, dois punhados de ... (+)
Leia mais
mostrar mais