página inicial / blogs / Edvin Markstein Zimmermann

50 Dias de Verde - a quarta semana

© Carol Costa/Minhas Plantas
Este é o resumo da quarta semana da série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora e seus amigos verdinhos transformam o quintal de uma casa em Holambra num jardim de sonhos. Criada pela STIHL Ferramentas em parceria com o Jardim das Ideias, a série 50 Dias de Verde começou no dia 23 de Abril e durante 50 dias terá um episódio novo. Aos domingos, Carol Costa faz uma Live no Facebook e no YouTube. Se ainda não conhece, aproveite para se inscrever no canal e receber o aviso de novos vídeos, e se quiser ver os episódios anteriores, é só clicar aqui. Carol Costa conta no Instagram do Minhas Plantas como foi a quarta semana.

Dia 22


Hoje a Live foi com minha mãe! Saí de Holambra e vim pra Araraquara passar o Dia das Mães e, claro, aproveitei pra dar uma conferida no quintal da mamãe, onde o guaimbê tá gigantesco, as rolinhas fazem ninho nos vasos de orquídea e as lesmas dão trabalho. No Jardim das Ideias — 50 Dias de Verde, a série verdinha criada pela @stihloficial e pelo @jardimdasideiasstihl, cabe a família toda! \o/ Minha mãe contou até de coisas que eu não lembrava: que eu pedi de presente de aniversário, aos 10 anos, uma caixa de jardinagem com sementes, vaso, terra e outras maravilhas verdes! Pra quem perdeu o papo com Dona Bia, dá pra assistir no Facebook do Jardim das Ideias, olha lá! E amanhã tem mais vídeo da nossa novelinha em Holambra, feita em parceria com @bradigital, @leroymerlinbrasil, @redecobasi, @spagnholplantas, Prefeitura de Holambra e @veilingholambra. Esta semana, teremos o plantio de dois canteiros grandes, de flores, mais geotinta nas paredes... Tá ficando demais esse quintal, vou ter de arranjar um jeito de levar minha mãe lá pra conhecer!

Dia 23


Era entrar na sala da minha avó pra ver, na mesa de centro, um vaso de vidro com uma folhagem vistosa se espichando para além da água. Aquela planta, que eu mal sabia o nome, era praticamente obrigatória nas casas de avôs e avós, tipo quintal com pomar e bico de crochê nos panos de prato. Lembro de gostar desse tipo de cultivo por uma coisa especialmente hipnótica pra quem ama plantas: ver as raízes crescendo na água. Aquilo era muuuuito legal. Precisei virar adulta, virar jornalista, desvirar jornalista e virar jardineira pra descobrir que a folhagem da casa da minha avó nada mais era do que... batata-doce. Sim, aquela que tem no supermercado. Se for orgânica, melhor ainda, que ela vai encher de ramas rapidinho. Acontece que essa história de crescer na água não pode durar muito, porque a batata-doce é mocinha de terra. Daí que foi uma ótima ideia a da Flávia Nunes (@flavianunes_paisagista) replantar a folhagem finalmente num vaso, com espaço pra raízes crescerem e ramas se enroscarem no suporte de tela de pintinho. Tá tudim mostrado, passo a passo, no episódio de hoje do Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde. Dois bons truques nesse projeto: o primeiro é o contraste folha-folha, entre as batatas-doces roxas, produzidas pelo Sítio Sou da Terra, e a batata-doce verde da Eveline. Repara como uma valoriza a outra! O outro truque é folha-vaso, uma sacada de composição que está no vaso cinza claro. Há anos eu gosto de trabalhar com essa manchadinha, que a @vasos_vasart chama de camurça. Esse tom faz um contraste lindo com folhagens e parece evidenciar a planta, valorizando especialmente as espécies escuras, que ficam apagadinhas no vaso preto e parecem encardidas no vaso de terracota. Tá cheinha de dicas essa série, feita em parceria com a @stihloficial e o @jardimdasideiasstihl, com o apoio de @veilingholambra, Prefeitura de Holambra, @spagnholplantas, @redecobasi, @leroymerlinbrasil e @bradigital. :) E pensar que mal chegamos na metade dos 50 dias, imagina o tanto de truques e macetes que ainda virão?

Dia 24


Bandejinha de isopor picadinha pode ser misturada à terra pra deixar os vasos de suculentas beeeeem drenáveis. Com esse acréscimo, a terra rapidamente "expulsa" a água que sobra, mantendo secas as raízes dessas e de outras plantas que não curtem umidade. Muita gente se surpreende ao ver suculentas tomarem chuva e sol, mas, na natureza, elas não têm nenhum tipo de proteção às intempéries, não. É por isso que vieram ao mundo com o kit completo de sobrevivência nos desertos. No México, por exemplo, berço de origem de centenas de espécies de suculentas, essas verdinhas precisam aguentar meses sem uma única gota de água e, depois, alguns dias de chuva torrencial. Também precisam resistir a temperaturas acima de 40°C durante o dia e a quase abaixo de zero à noite. O verniz que muitas plantas gordinhas têm é como um protetor solar e térmico, que ajuda as moças a manter no corpinho esse líquido tão raro e valioso, a água. Este episódio do Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde tem a Flávia Nunes (@flavianunes_paisagista) preparando uma coleção de suculentas pra casa, tem plantio de nandinas feito pela Juliana Valentini (@deverdecasa) e pelo seu Vicente, e tem Flores Welle, o Flop, doando para Eveline uma tábua de nogueira que ele guarda há 20 anos no @viveirooiti. Jardinagem é amor, doação e essa energia solidária que nos une. Obrigada, @stihloficial e @jardimdasideiasstihl , por nos reunir com tanto empenho e de forma tão generosa. Obrigada, @redecobasi, @leroymerlinbrasil, @veilingholambra, @spagnholplantas, @bradigital, Prefeitura de Holambra, @echeverias_vankampen, @flora.yamamura e @flortec_eventos, meus queridos parceiros, presentes em tantos sonhos realizados. (E obrigada também à @casmoda, por eu ter um figurino tão lindo de uma loja em que sou cliente há tantos anos!)

Dia 25


Mal chegamos à metade da série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde e já fizemos tantas transformações no quintal que a gente nem lembra mais como era antes. Com a poda da nogueira, láááá nos idos do segundo episódio, abriu-se um clarão de sol num pedaço de jardim que antes ficava sombreado. Sol, ao contrário do que muita gente pensa, é PERFEITO pra hortaliças. Quanto mais sol elas tomam, mais bonitas ficam. Antes que você comente que as suas foram pro sol e morreram, dois toques importantes. 1. Mesmo que a planta seja de , ela, ela precisa ir pouco a pouco pro sol. A maioria das hortaliças que compramos é cultivada em estufa fechada e passou a vida toda na sombra. Tirar a planta desse ambiente e expô-la ao sol, de uma hora pra outra, geralmente não funciona e a planta queima mais rápido do que consegue se aclimatar. Faça a mudança de insolação um pouquinho por semana, passando o vaso da claridade pro sol intenso lentamente e acabou-se o drama. 2. Não confunda sol com calor. A gente pode sentir muito calor num quarto fechado, mesmo que esteja de noite. Ou sentir o clima abafado mesmo dentro do carro e num dia nublado. Incidência de sol é uma coisa (quantas horas de sol a planta toma na folha), calor é outra (tem mais a ver com falta de ventilação e alta umidade no ar). Pode ser que faça calor na sua cidade e por isso o alecrim, a lavanda, o tomilho, o orégano e a sálvia não se deram bem, afinal, todas essas verdinhas são de sol forte, mas de clima frio e ventilado. Quanto mais sol a horta tomar melhor, mas ela só vai resistir se estiver úmida o bastante pra não desidratar nesse solão, entende? Daí ser tãooooo importante usar mulching, aquelas palhinhas protetoras na terra que a gente tanto fala na série. O episódio de cobertura vegetal foi ao ar semana passada. O episódio de plantas trepadeiras pra horta também foi pro YouTube. Tudo tá no meu canal e no do @jardimdasideiasstihl, criador da série em parceria com a @stihloficial. Tá ficando verdinho e cheio de bons parceiros. Tem @leroymerlinbrasil, Prefeitura de Holambra, @spagnholplantas, @bradigital, @redecobasi, @veilingholambra e @flora.yamamura por lá. Vai ver que lindeza, vai?

Dia 26


Canteiros de flores são o sonho de muita gente que ama jardinagem: elas são versáteis, atraem borboletas e, se forem como as Sunpatiens da @florabeijo, não são tóxicas para bichos de estimação e ainda rendem belas bordaduras, ajudando a demarcar graciosamente áreas de passagem. Em Holambra, as Sunpatiens estão em todos os cantos, colorindo com o laranja símbolo da cidade os parques e praças a sol pleno. Como acontece com tudo na natureza, plantas muito vivazes, que ficam floridas por meses a fio, raramente são perenes e, depois de um ano, precisam ser substituídas. São chamadas de espécies anuais justamente porque o ciclo de vida delas é mais curto do que o das plantas perenes, como árvores e roseiras, por exemplo. Entre a semente nascer e a planta crescer, dar flores, produzir sementes e morrer de forma natural, as anuais vivem menos de 365 dias. No exterior, é comum reservar uma parte do paisagismo para as anuais, porque elas trazem uma promessa de renovação e dão cara nova ao espaço em poucas horas de plantio. Você pode semear anuais, se quiser conviver mais tempo com elas, como é o caso de tagetes, girassol, crisântemo, cravo, torênia e tantas, tantas outras verdinhas de flor. No episódio do Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, a série criada pela @stihloficial e pelo @jardimdasideiasstihl, com apoio de Prefeitura de Holambra, @bradigital, @leroymerlinbrasil, @veilingholambra, @redecobasi e @spagnholplantas, o produtor Jean Korstee, da Flora Beijo, fala um pouco sobre a força e a vivacidade das Sunpatiens. Tem também uma folhagem roxa, prateada e verde de tirar o fôlego, afinal, não dá pra colocar plantas anuais em tudo e ter de replantar o jardim todo a cada ano, né? E tem o plantio, finalmente, dos viburnos que estavam nas bags, usando uma perfuradora de solo que cava um buraco de 20 cm em terra dura em apenas 7 segundos. Vem se surpreender com esse quintal cada dia mais verdinho, vem?

Dia 27


Eu termino o dia com os pés encardidos — mesmo que tenha ficado o tempo todo de sapato. Quando vou tomar banho, encontro terra no cabelo, na barra da calça, meu umbigo parece uma cova de plantio, de tanto substrato que tem. Quanto eu era jornalista, voltava pra casa morrendo de dor de cabeça e tão ansiosa que vivia com insônia. Agora, chego ao final do dia cheia de terra, com as unhas pintadas de "esmalte lamê", mas deito exausta e durmo como um bebê. Emagreci três quilos desde que comecei o Jardim das Ideias – 50 Dias de Verde, — e olhe que eu continuo comendo brigadeiro. No 27º dia de transformação da casa da Eveline, Flop (@viveirooiti) criou novos drenos no quintal, preparando o lugar pra receber chuvas sem alagar. Eu, Ju (@deverdecasa) e Flá (@flavianunes_paisagista) plantamos o canteiro de cordilines e crótons "Gingha", as alegres folhagens amarelas produzidas por @magna_flora e comercializadas pelo @veilingholambra. Que essa série feita em parceria com a @stihloficial e o @jardimdasideiasstihl é cheia de grandes marcas, você já sabe. Tem também @leroymerlinbrasil, @redecobasi, Prefeitura de Holambra, @spagnholplantas, @bradigital. Essas calatéias lindas da foto, as "Picta Royale", são exclusividade de @racosta.plantasornamentais e deram um charme extra pro quiosque. Mas tem um parceiro que a gente raramente nota, apesar de ser super importante: a @all_garden_holambra, que produz todos os substratos que usamos na série. Tem húmus de minhoca, substrato pra orquídeas, substrato pra mudas, musgo esfagno, casca de pínus em vários tamanhos e até uma que tem o luxo de ser polida. POLIDA! Imagina? Daí que cada grãozinho de substrato que eu encontro no cabelo é peneirado, tem cheiro de terra molhada e vem adubadinho. Será que faz o cabelo crescer?

Dia 28


Sabe quem são os mais caprichosos colecionadores de orquídeas que eu conheço? Os guardinhas de ruas "nobres", aqueles pobres homens enfiados numa portaria gelada, dia e noite, vigiando mansões. Há bairros em São Paulo onde existem três guaritas dessas na mesma quadra. Enquanto as madames nas casas chiques lidam com orquídeas como se elas fossem de plástico, descartando a planta assim que acaba a florada, os guardinhas recolhem as verdinhas do lixo ou da caçamba e dão uma nova chance pra planta. Enfiados naquela lata gelada que é a portaria, dormem homem e orquídea, companheiros no descaso. Logo, a planta é amarrada a uma árvore e, pra surpresa dos moradores do casarão, dá flor novamente. Vejo muitas e muitas guaritas dessas pela cidade, com um jardinzinho cheio de verdice no entorno, com Phalaenopsis tão floridas quanto as que os ricaços descartam. No Jardim das Ideias – 50 Dias de Verde, nossa série feita em parceria com @stihloficial e @jardimdasideiasstihl, orquídea sem flor segue sendo mimada e vai morar no mesmo arranjo que as Phalaenopsis floridas do @sitiokolibri. No YT tem o passo a passo do paredão verde que estamos fazendo na casa, eu, Ju (@deverdecasa), Flávia (@flavianunes_paisagista) e Flop (@viveirooiti). Como a montagem é trabalhosa, dividimos em três partes, que terminarão amanhã. Ainda bem que com a ajuda de nossos parceiros o projeto avança a olhos vistos. Da @leroymerlinbrasil vieram as grades onduladas e abraçadeiras em nylon. Da @redecobasi chegaram brinquedinhos que mantiveram Tango entretido o dia todo. @spagnholplantas, @veilingholambra, Prefeitura de Holambra e @bradigital também nos ajudaram a implantar esse monte de verdinhos que vão tomando conta da casa. E da @casmoda veio esse colar, que quase rouba a cena.
postado em 7/06/2018 - Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

50 Dias de Verde - a sétima semana

Este é o resumo da sétima e última semana da série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora e seus amigos verdinhos transformam o quintal de uma casa em Holambra num jardim de sonhos. Criada pela STIHL Ferramentas em parceria com o Jardim das ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

50 Dias de Verde - a sexta semana

Este é o resumo da sexta semana da série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora e seus amigos verdinhos transformam o quintal de uma casa em Holambra num jardim de sonhos. Criada pela STIHL Ferramentas em parceria com o Jardim das Ideias, a ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

50 Dias de Verde - a quinta semana

Este é o resumo da quinta semana da série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora e seus amigos verdinhos transformam o quintal de uma casa em Holambra num jardim de sonhos. Criada pela STIHL Ferramentas em parceria com o Jardim das Ideias, a ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

50 Dias de Verde - a terceira semana

Este é o resumo da terceira semana da série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora e seus amigos verdinhos transformam o quintal de uma casa em Holambra num jardim de sonhos. Criada pela STIHL Ferramentas em parceria com o Jardim das Ideias, a ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

50 Dias de Verde - a segunda semana

Este é o resumo da segunda semana da série Jardim das Ideias - 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora e seus amigos verdinhos transformam o quintal de uma casa em Holambra num jardim de sonhos. Criada pela STIHL Ferramentas em parceria com o Jardim das Ideias, a ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

50 Dias de Verde - a primeira semana

Carol Costa vai mostrar que é possível transformar um quintal num jardim de sonhos em apenas 50 dias. É a série projeto 50 Dias de Verde, onde nossa jardineira escritora e apresentadora vai reunir seus amigos verdinhos numa casa em Holambra, a capital brasileira das flores. Criada pela STIHL Ferramentas ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Plantas pendentes no programa É De Casa

Nossa jardineira Carol Costa esteve no dia 14 de abril de 2018 no programa "É De Casa", da TV Globo e conversou com a apresentadora Patrícia Poeta. O tema foi plantas pendentes, uma ótima pedida para quem tem pouco espaço ou quer dar um colorido especial para uma parede. Tem ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Carol Costa no programa É de Casa da Rede Globo

Nossa jardineira Carol Costa é especialista em terrários, e dá aulas para quem quer aprender a construir estes mini-jardins. São pessoas com espírito de jardineiro, mas que possuem um problema comum em cidades: falta de espaço e tempo. Para isso, nada melhor do que um terrário: traz as plantas para ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Sua chance de comprar o livro "Minhas Plantas" com desconto

Nossa jardineira Carol Costa é multi-uso: apresentadora de programa de rádio, de tv, youtuber, blogueira, professa, e claro, escritora. O livro "Minhas Plantas - Jardinagem Para Todos (Até Quem Mata Cactos)" já é um sucesso de vendas, ensinando de um jeito simples tudo o que você precisa para se tornar o ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Dendrochilum filiforme, cores e tintas

Nossa jardineira Carol Costa começou o ano cheia de novos planos e colocando a mão na massa. Já nos primeiros dias de 2018 lançou o projeto 1 Verde Por Dia no Instagram (clique para conferir - @1verdepordia), e ainda atacou de decoradora. No melhor estilo DIY, ela resolveu dar uma cara ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Maranta leuconeura var. erythroneura - 1 Verde Por Dia

Verdinho querido, feliz Ano Novo pra gente! Hoje, começo um projeto que venho sonhando desde 2014, o 1 Verde Por Dia (no Instagram @1verdepordia). A ideia é oferecer informações básicas pra ajudar você a encontrar a verdinha ideal pro seu jardim, vasinho ou canteiro. Cada foto vem com uma paleta ... (+)
Leia mais
© Carol Costa/Minhas Plantas

Feliz dia do Jardineiro

Parabéns pra você, pessoinha cheia de dúvidas e inseguranças, mas que enfia as mãos na terra com uma coragem que nem sabe de onde vem. Um viva procê que deixa o manjericão dar flor pras abelhas, pra você que salva joaninhas da chuva e alimenta minhocas como se fossem pets ... (+)
Leia mais
mostrar mais